Inquilina é presa dentro de casa por não pagar aluguel

Uma ocorrência no mínimo incomum foi registrada nesta semana, no Primeiro Distrito Policial de Votuporanga. Uma jovem de 24 anos acionou a polícia para denunciar que foi trancada dentro da residência onde mora, no bairro Santa Eliza.

 

O portão da casa estava trancado com uma corrente, que, segundo a vítima, foi colocado pela dona do imóvel.
O boletim de ocorrência foi registrado na natureza de sequestro e cárcere privado (Artigo 140 do Código Penal).
O motivo alegado pela vítima, por ter, segundo ela, sido trancada dentro da própria casa, foi o fato de estar devendo prestações do aluguel.
Segundo apurado, a Polícia Militar foi acionada por volta das 16h da última segunda-feira (1º). A vítima, uma vendedora de 24 anos de idade afirmou que reside na casa, há cerca de quatro meses.
No último dia 27, quinta-feira da semana passada, ela chegou em sua residência e, após ingerir um remédio de tarja preta, vindo a dormir até o dia seguinte. Ela disse que permaneceu dentro do imóvel nos quatro dias seguintes.
Na segunda-feira, quando resolveu sair, notou que sua porta estava trancada pelo lado de fora da casa, com uma corrente e um cadeado. Desesperada, a moradora disse que gritou por várias vezes, não sendo atendida por ninguém, e então, resolveu acionar a Polícia Militar.
Os policiais foram ao local e, juntamente com a proprietária, uma senhora de 69 anos, que destrancou o cadeado e liberou a vítima. Ainda segundo a versão da vendedora, a locatária a deixou trancada dentro da casa, já que está em débito com aluguel. O caso foi encaminhado para a delegada Edna Rita de Oliveira Freitas. (Jociano Garofolo – A Cidade)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password