Incêndio em carro alegórico deixa 4 mortos e 9 feridos

Da Redação
Um incêndio em um carro alegórico da escola Sangue Jovem deixou quatro mortos e nove feridos, no desfile de carnaval de Santos, no litoral paulista.
O carro alegórico encostou na rede elétrica e pegou fogo. Três homens que estavam empurrando o veículo foram eletrocutados.
Mirella Garcia estava na porta de casa, também foi atingida pela descarga elétrica e morreu. A mãe dela ficou ferida ao tentar ajudar a filha. O carro era uma homenagem a Pelé. Levava 22 crianças e dois destaques. Todos desceram minutos antes do acidente. Um deles era o ex-jogador do Santos, Coutinho, parceiro do Rei do Futebol, nos anos 60.
“Numa festa que é de alegria, você sair com uma tristeza dessas”, lamenta o ex-jogador do Santos. O pai de uma das crianças que desfilaram no carro disse que o veículo teve problemas, antes mesmo de entrar na passarela.
“Foi visível isso para todo mundo. Tanto é que o carro desfilou com metade das alegorias que ele deveria ter”, contou o carteiro Everaldo Medeiros.
O acidente foi a 200 metros da passarela do samba. Além dos quatro mortos, nove pessoas ficaram feridas. Entre elas, outros homens que empurravam o carro.
Eles continuam internados e disseram que no local não havia ninguém para orientar o caminho que o carro deveria seguir.
A polícia científica já fez uma primeira perícia para verificar se havia defeitos no carro alegórico.
A prefeitura de Santos declarou que o carro alegórico já estava fora da área da dispersão, quando ocorreu o incêndio.
E que, naquele ponto, a responsabilidade é das escolas. A prefeitura também informou que vai abrir uma sindicância para apurar o caso. A Sangue Jovem disse que vai aguardar o resultado da perícia para se pronunciar.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password