Incêndio destrói fazenda de pesquisas de mais de 700 hectares em Andradina

Uma fazenda de pesquisas científicas, da Secretaria de Agricultura do Estado, foi destruída por um incêndio, neste domingo (29), em Andradina (SP). As chamas foram apagadas durante a noite, mas nesta segunda-feira (30) os bombeiros ainda vistoriam o local.

Funcionários da fazenda tentaram combater as chamas com baldes e mangueiras, mas mesmo assim o fogo atingiu uma das casas que fica dentro da propriedade. A residência estava vazia e ninguém se feriu.

Segundo o Corpo de Bombeiros, caminhões pipas de usinas da região precisaram ajudar no combate. O incêndio começou de manhã e só terminou à noite, depois de seis horas.

A maior parte da área atingida pertence a Fazenda do Estado, que tem mais de 700 hectares. Os funcionários estimam que 70% tenha sido queimado.

Até uma área de pesquisa de um projeto que tenta juntar criação de gado com plantio de agricultura e floresta foi destruído.

“Um projeto que durava cinco anos e ele queimou mais da metade da área de pesquisa”, afirma Humberto Sampaio de Araújo, pesquisador da fazenda.

Por ser uma unidade de pesquisa do Estado, dentro da fazenda tem uma grande área de reserva ambiental de mata nativa, a maior do município de Andradina. Segundo os funcionários, abriga inúmeras espécies de animais silvestres.

“É uma área de soltura, animais silvestres são soltos aqui, no meu quintal apareceu um veado, minha amiga encontrou um tatu, eles ficam desesperados”, diz a funcionária da fazenda Sônia Komori.

De acordo com os bombeiros a área total queimada e o prejuízo ainda não foram calculados. As causas do incêndio serão investigadas.

G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password