Incêndio de grandes proporções atinge área de preservação ambiental

Um incêndio de grandes proporções atingiu uma área de preservação ambiental em Rio Preto na manhã desta segunda-feira, dia 3. A área, que pertence à Unesp e à Fatec (antigo Instituto Penal Agrícola – IPA), teve 90 alqueires atingidos pelas chamas, o equivalente a 90 campos de futebol.

Os bombeiros usaram 110 mil litros de água e 24 litros de Líquido Gerador de Espuma (LGE) para apagar o fogo, que começou por volta das 11 horas.

Um avião de uma empresa particular e caminhões-pipa de usinas da região auxiliaram no combate às chamas. Foram 3h40 minutos de trabalho. O incêndio não alcançou a área de mata nativa que existe na região.

Segundo a Polícia Ambiental, há indícios que o incêndio tenha sido criminoso. “Um vigia da Fatec viu que quando o fogo começou um carro saía do local. Ele anotou a placa e identificamos o possível autor. A empresa que ele trabalha foi comunicada e prometeram apresentá-lo amanhã (hoje)”, afirmou o capitão Alessandro Daleck.

O responsável pelo incêndio pode responder por crime ambiental de atear fogo. Se condenado, deve cumprir pena de até seis anos de reclusão.

A baixa umidade do ar, que atingiu 20% ontem, colaborou para a proliferação das chamas.

“A população deve atentar e ter cuidados como não jogar bituca de cigarros, manter mato baixo em terrenos e nunca soltar balões. Provocar incêndio é crime”, afirmou o tenente Diego Moraes Machado.

Colaborou Gabriel Vital diárioweb.com

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password