III Vigília pelos Mortos de Aids reúne centenas de pessoas

Celebrações realizadas pelo SAE e igreja Matriz de Votuporanga mobilizaram grande parte da sociedade; movimento é promovido em diversos países desde 1983

A Secretaria de Saúde de Votuporanga por intermédio do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), a Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Matriz) promoveu na noite do último domingo, dia 18, a III Vigília pelos Mortos de Aids. A vigília reuniu centenas de fiéis, funcionários da Coordenadoria do Programa DST/ Aids no município – liderado pela enfermeira Léa Bagnolla, entidades assistenciais ligadas a Aids,

além de pessoas que vivem com HIV/ Aids, amigos e familiares de pessoas que perderam a vida pela doença.

Na Igreja Matriz, a celebração foi realizada pelo Pe. Gilmar Margoto e teve como eixo principal o lema “Luzes Pela Vida”. O objetivo da vigília é o despertar da sociedade para a solidariedade global, rompendo barreiras, sendo sinal de esperança às novas gerações.

A celebração teve início na década de 80 em vários países, sempre no terceiro domingo do mês de maio. Surgiu com o intuito de lembrar as pessoas que perderam a vida pela doença, de apoiar quem vive com HIV/AIDS e incentivar as ações de prevenção.

 

Celebração

A primeira Vigília Pelos Mortos foi organizada em 07 de maio de 1983, em Nova Iorque, por um grupo formado por mães, parentes e amigos de pessoas que morreram por causa do HIV. Hoje a Vigília tornou-se um movimento internacional de sensibilização e mobilização da sociedade diante da problemática do HIV e AIDS.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password