Iamspe diz que região teve 37% de aumento de recursos

Os usuários do Iamspe podem ser atendidos pela rede credenciada e pelos Ceamas

O atendimento oferecido pelo Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) aos usuários de Votuporanga tem sido alvo de críticas dos vereadores, especialmente de Mehde Meidão Slaiman Kanso, que propôs uma moção de repúdio ao instituto na sessão realizada na última segundafeira. Em resposta, o Iamspe informou que nos últimos anos aumentou 37% a disponibilidade de recursos para a região.

“Na região, o Iamspe dispõe de rede credenciada em diversas especialidades, incluindo clínicas, laboratórios, 12 hospitais e um Centro de Assistência Médico­Ambulatorial (Ceama), em São José do Rio Preto. Nos últimos anos, a disponibilidade de recursos para a região teve um aumento de 37%”, disse por meio de nota.

O Iamspe informou ao A Cidade que a região de governo de Votuporanga engloba 15 municípios e faz parte da Região Administrativa de São José do Rio Preto.

Os usuários do Iamspe podem ser atendidos pela rede credenciada e pelos Ceamas (Centros de Assistência Médico­Ambulatorial) em todo o Estado de São Paulo. A escolha da cidade ou região de atendimento fica a critério do servidor.

Para o vereador Meidão, o que o Iamspe diz ter feito é insuficiente. Na sessão da Câmara de segunda­feira ele falou que em Votuporanga o servidor está “pedindo esmola” e clamando por um atendimento digno, por isso apresentou a moção de repúdio à instituição.

No documento, o vereador do Partido Social Democrático indica que o Superintendente do Iamspe, Latif Abrão Júnior, “deve tomar sérias providências urgentes com relação à cota de exames clínicos de nossa cidade que em razão de atender toda região é insuficiente”.

De acordo com o vereador, o município atende pacientes de Birigui, Araçatuba, Santa Fé do Sul, Fernandópolis, entre outras cidades, mas os serviços disponibilizados não são suficientes para a demanda. “O povo está pagando e não tem benefícios. Isso é uma vergonha”, afirmou Meidão.

Sobre o Iamspe

Os servidores públicos do Estado de São Paulo, seus beneficiários e agregados têm direito à assistência integral à saúde mediante a contribuição ao Iamspe, que é descontada diretamente no holerite ou demonstrativo de pagamento.

Para utilizar efetivamente a assistência médico-­hospitalar oferecida pelo sistema, todos deverão estar inscritos no cadastro Iamspe. O desconto de 2% pago pelo contribuinte inclui filhos, cônjuge ou companheiro. Leidiane Sabino/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password