Hospital faz captação de órgãos de preparador físico Dudu Silva, que morreu de aneurisma cerebral

Preparador físico, que integrava equipe técnica de Mano Menezes, morreu na quarta-feira (16), em hospital de Catanduva/SP, após passar mal em sua propriedade em Itajobi/SP.

O Hospital São Domingos de Catanduva/SP fez a captação de órgãos do preparador físico Eduardo Luís da Silva, 49 anos, conhecido como Dudu Silva, que morreu depois de sofrer um aneurisma cerebral.

Dudu era integrante da equipe técnica de Mano Menezes. De acordo com o hospital, ele deu entrada na unidade no dia 5 de setembro, após cair em um açude, em sua propriedade em Itajobi/SP, depois de ser acometido por um desmaio causado por aneurisma cerebral.

O preparador físico passou por cirurgias e procedimentos para reversão do quadro, mas ele não resistiu ao quadro e morreu na noite de quarta-feira (16).

A equipe médica do hospital informou que foram doados os rins, fígado, córneas e válvulas cardíacas. A captação de órgãos, feita nesta quinta-feira (17), contou com a equipe do Hospital de Base de São José do Rio Preto/SP, além de enfermeiros, técnicos e equipe de anestesia do HUSD.

O procedimento durou quase quatro horas. O hospital de Catanduva informou que o fígado foi enviado para o hospital da Unicamp, em Campinas. Já os outros órgãos foram para o Hospital de Base para serem distribuídos.

Ainda conforme o hospital, a família afirmou que o preparador já havia falado de seu desejo pela doação.

“Ele era um homem de fé, dedicado e virtuoso. Em sua jornada, só deixou conhecimento e amor. Mesmo estando em seu merecido descanso, ainda faz parte de todos cuja vida ele marcou”, afirma o filho Matheus.

Em sua conta no Twitter, o técnico Mano Menezes, que trabalhou com Dudu Silva durante passagem pelo Cruzeiro, fez uma homenagem ao colega. “Vá em paz, meu grande amigo. Foi um grande privilégio para mim ter percorrido esse caminho ao seu lado. Ficam os ensinamentos. Fica a história que construímos juntos.”

Conforme reportagem do GE, Dudu foi internado no mesmo período em que Mano Menezes começou a negociar com o clube baiano.

Devido ao problema de saúde do colega, o treinador adiou a assinatura de contrato com o time baiano. Pelo acordo, o preparador seria incorporado aos trabalhos no CT Evaristo de Macedo tão logo se restabelecesse.

FONTE: Informações | g1.globo.com

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password