Homem que matou mulher em pensão é condenado

Pedro Donizeth dos Santos foi condenado a 16 anos de prisão, por ter matado Cleonice Ferreira Dias, sua companheira. O crime aconteceu em janeiro de 2011, em uma pensão, localizada na rua Bahia. O juiz de Direito da Comarca de Votuporanga, Jorge Canil, aplicou a pena, em regime inicial fechado. 

Jurados
Integraram o Conselho de Sentença: Edson Antônio Pistilli, Valdeniro Odivaldo Casteletti, Pedro Luis Veronezzi, Clóvis de Prosdócimi, Luiz Antônio Paladini, Natália Gabriela Bifaroni Sant´anna e Clarice Antônia de Souza.

Depoimento
Em seu depoimento, Santos contou que o casal havia brigado, por supostamente a vítima lhe pedir dinheiro para comprar crack. Momentos antes do crime, os dois haviam se desentendido, e populares acionaram a PM.  Disse que não portava a faca no momento do crime, e que não sabia como o golpe foi dado, uma vez que estava sob efeito de álcool. 

Carteira de trabalho
Em sua defesa perante os jurados e à autoridade judiciária, Santos apresentou a cópia de sua carteira de trabalho, alegando que estava empregado em uma construtora desde o último dia 29. Entretanto, na sentença, Canil acrescentou que, ao longo dos trabalhos de ontem, o Ministério Público constatou cartório, mediante certidão que será juntada aos autos, emitida com base em contato telefônico com o suposto empregador, que Santos insistiu muito para ser contratado. Sendo asism, foi admitido por 45 dias, mas pouco trabalhou, apresentando atestado medico, afastando-se e não mais retornando ao serviço. Além disso, Santos já tem passagens pela polícia. 
Foram ouvidas quatro testemunhas de acusação no julgamento. Karolline Bianconi karol@acidadevotuporanga.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password