Homem leva dez facadas em roubo de bicicleta em Valentim

Uma tentativa de roubo de uma bicicleta por muito pouco não acabou em tragédia na madrugada de ontem (1º), em Valentim Gentil. Um homem levou vários golpes de faca pelo corpo após se recusar a entregar sua bicicleta a um assaltante, na praça central da cidade.

 

O autor do crime foi preso instantes depois pela PM, enquanto a vítima ficou seriamente ferida e está internada na Santa Casa de Votuporanga.

 

Segundo boletim de ocorrência, registrado na delegacia de Polícia de Valentim Gentil, o crime aconteceu por volta das 2h58. O policial militar Moreno contou ao delegado Márcio Nobuyoshi Nosse, que na hora dos fatos estava em patrulhamento pela cidade, em companhia do soldado Nilson, quando receberam uma ligação de emergência de uma testemunha, que disse que estaria ocorrendo um esfaqueamento na praça da matriz.

 

Os policiais militares se deslocaram imediatamente ao local, e foram até as imediações de uma lanchonete, onde a testemunha estava com a vítima, Vitorino Caselli, o qual sangrava abundantemente. Populares que estavam na praça, apontaram para Julio Nunes Fernandes dos Santos como o autor do crime. Ao lado dele, estava outro suspeito, identificado por Talis Henrique Marchetti de Oliveira.

 

A dupla estava atravessando a praça, sentido à avenida Cavalin, quando os policiais saíram correndo atrás de Júlio. O suspeito tentou fugir dos policiais, mas acabou detido após vários metros, na rua Gustavo Pantaleão de Lima. Ele foi revistado, mas a arma não foi localizada.

Após deterem Júlio, os policiais retornaram até a praça, onde Vitorino já estava sendo socorrido por uma ambulância ao Centro de Saúde de Valentim Gentil. Os policiais foram até o hospital para tentar obter mais informações sobre os detalhes do crime com a vítima.

Arma

 

Enquanto Júlio estava na viatura, Talis chegou ao Centro de Saúde, e foi questionado pelo policial Moreno se ele sabia sobre o paradeiro da arma utilizada no crime. O suspeito, primeiramente, disse que havia guardado o objeto na casa dele, mas depois, acabou retirando a faca do bolso, que ainda estava manchada por sangue, e entregando ao PM.

Em seguida, os policiais conversaram com a vítima, a qual disse que estava na praça, momento em que Júlio e Talis passaram e Júlio teria puxado a bicicleta de Vitorino pela garupeira. A vítima resistiu à subtração. Em seguida, ainda segundo a versão da vítima, o autor teria aplicado ao menos dez golpes contra as costas, braços e perna de Vitorino, só parando as agressões após a intervenção de testemunhas.

 

Furto no hospital

Após conversar com a vítima, e sabendo que Talis estava com o autor no momento do crime, o policial Moreno foi ao encontro de Talis, para também lhe dar voz de prisão, pela participação no crime. Ele avistou o suspeito correndo em direção ao banheiro. O policial foi atrás dele e, para sua surpresa, viu que ele dispensou em um dos boxes, dentro do cesto de lixo, uma calculadora  e um espelho retrovisor, objetos que foram reconhecidos por funcionários do hospital, e que estavam no balcão de atendimento. Além de ter colaborado na tentativa de homicídio, o segundo suspeito ainda estava furtando objetos do interior da unidade de saúde. Desta forma, o indivíduo recebeu voz de prisão também por tentativa de furto.

Os dois suspeitos foram encaminhados no início da manhã de ontem à cadeia Pública de Votuporanga, de onde aguardam transferência ao CDP (Centro de Detenção Provisória), de São José do Rio Preto. Jociano Garofolo A Cidade

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password