Homem é preso por despejar lata com cola de sapateiro na esposa

Um marceneiro de 58 anos foi preso em flagrante nesta terça-feira (9), pela Guarda Civil Municipal, depois de despejar uma lata com três litros de cola de sapateiro na própria esposa, em Rio Preto. O caso aconteceu no bairro João Paulo II.

O material é feito de uma mistura de solventes orgânicos com forte poder adesivo, usado para colar objetos de couro e borracha.

DISCUSSÃO

Os guardas foram acionados para ir até o local, onde funciona a oficina do suspeito, após o caso. No local, os guardas encontraram a vítima sendo atendida por uma unidade do Samu. O líquido tóxico atingiu várias partes do corpo da vítima e ela precisou ser levada para a Santa Casa para fazer a remoção da cola. Ela disse que o homem jogou o produto nela durante uma discussão.

Já o homem disse que a mulher “esbarrou” com a cabeça na lata, por isso o líquido caiu sobre ela. Apesar da versão do homem, os guardas constataram que no local não havia nenhuma prateleira ou gancho de parede que pudesse justificar os argumentos do suspeito.

O homem foi levado para a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) e, após prestar depoimento, foi transferido para a carceragem da Divisão Especializada de Investigações Criminais. Ele vai responder por lesão corporal grave e violência doméstica.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password