Homem confunde travesti com mulher e é agredido

Um administrador de empresas de 48 anos foi agredido na noite de segunda-feira (22) por um travesti, depois de descobrir que não se tratava de uma mulher e se arrependeu de ter contratado o programa. O caso aconteceu na avenida Brasília, em Araçatuba.

A vítima procurou a polícia nesta terça-feira (22) para relatar o ocorrido e afirmou que ainda teve seu telefone celular roubado. O administrador contou aos policiais que dirigia seu veículo pela avenida Brasília quando uma pessoa, que aparentava ser uma mulher, acenou em um ponto de ônibus. Ele parou e a pessoa entrou no veículo e ambos seguiram pela rodovia Marechal Rondon.

GRITOS
Durante o trajeto, ele constatou que o passageiro não era mulher e, sim, um travesti. O motorista voltou para o lugar onde o tinha pegado. Na rua, o travesti teria começado a gritar cobrando R$ 30, que seria o valor do programa e a vítima não queria pagar por não ter consumado a relação.

Ainda segundo a vítima, outros dois travestis chegaram ao local e todos teriam agredido o administrador e também danificado seu veículo com pedaços de madeira. O celular da vítima foi roubado durante a agressão.

Nos próximos dias, o administrador deve ser submetido a exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico-Legal). Os autores da agressão não foram identificados. (Folha da Região)

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password