Homem come cachorro-quente envenenado com formicida

Um caso bizarro foi registrado no último final de semana no Plantão Policial de Votuporanga. Um lavrador de 39 anos sofreu tentativa de homicídio, após envenenarem metade de um cachorro-quente que estava guardado na geladeira da casa dele. Segundo a vítima, o envenenamento só não foi bem sucedido já que sentiu um gostinho amargo ao degustar o lanche.

O lavrador contou que comprou o cachorro-quente na Praça São Bento na noite da última sexta-feira, levou para casa, comeu metade e no sábado, na hora do almoço, se preparava para abocanhar o resto.

Porém, ao dar a primeira mordida, percebeu um gosto amargo e, ao verificar, se assustou ao ver que no interior do lanche havia um formicida denominado “Grão verde”. Ele informou que veneno havia sido comprado por ele para matar formigas em sua residência. Apesar da gravidade do caso, ele não apontou suspeitos de terem cometido a atrocidade.

O lanche foi encaminhado para perícia e o caso será investigado pela Polícia Civil.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password