Homem é preso pela Polícia após causar pânico no comércio

Autônomo brigou com clientes e donos de restaurante e padaria; faca com lâmina de 21 centímetros foi apreendida 

Um homem foi detido da Polícia Militar após causar rebuliço dentro de um restaurante e em uma padaria na tarde de ontem, em Votuporanga.

 

Ele perturbou os proprietários e clientes dos estabelecimentos comerciais. O rapaz estava ainda com uma faca de cozinha escondida sob a roupa.

Segundo informações da Polícia Militar, primeiramente o autônomo de 44 anos, entrou no horário do almoço em um restaurante na rua Padre Isidoro Paranhos. No local ele começou a perturbar os clientes, o que fez a dona do estabelecimento pedir para que ele se retirasse.

 

O homem então se negou a sair do restaurante dizendo que era assistente de um deputado da cidade e iria olhar o alvará de funcionamento do estabelecimento. O marido da proprietária, ao notar quer o homem carregava um volume sob a roupa na altura da cintura, chamou os policiais militares, mas o homem saiu do local antes. Ao fugir do restaurante, ele deixou a faca com lâmina de 21 centímetros que carregava jogada no quintal de uma casa vizinha.

 

Minutos depois, ele entrou em uma padaria na rua Pará, distante um quarteirão do restaurante. No balcão ele pediu pinga e cerveja ao atendente, informando que só iria pagar pelos produtos mais tarde. O dono da padaria falou que não vendia produtos fiado e o homem começou a xingar e ameaçar.

 

A Polícia Militar então chegou e abordou o homem, que não reagiu. De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, ele não estava com odor de álcool e também não parecia ter utilizado entorpecentes.

 

Ele foi encaminhado para o Plantão Policial Permanente, onde foi registrado um boletim de ocorrência por porte de arma e ameaça, sendo o rapaz liberado posteriormente. André Nonato

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password