“Hip Hop na Mala”, do bboy Ticko, hoje no Fliv

A trajetória de Alice Ruiz é uma digna amostra de como a poesia pode encher de emoções a vida das pessoas, fazendo parte de seus momentos mais cotidianos e simples. Ao cantarolar “Quase Nada”, que fez sucesso na voz de Zeca Baleiro, ou “Socorro”, já interpretada por Gal Costa e Arnaldo Antunes, muitos nem imaginam que a sua compositora é uma das maiores poetas brasileiras vivas.

 

 

Grande parceira de Paulo Leminski – a quem presta homenagem, neste mês, na Virada da Poesia, na Casa das Rosas, em São Paulo –, Alice viaja pelo Brasil e exterior para divulgar a força sensorial da poesia. Está entre os escritores que vão representar o país na edição 2013 da tradicional feira de Frankfurt, em outubro, na Alemanha.

Nesta quarta-feira (8 de maio), a poeta aterrissa em Votuporanga, onde participa da terceira edição do festival literário da cidade, o Fliv, por onde já passou nomes como Paulo Lins, Marcelino Freire – que também estarão em Frankfurt, em outubro –, Sergio Vaz, Antonio Cicero e Frederico Barbosa (patrono do evento).

 

 

As três paixões que dão vida à obra poética de Alice são o tema de sua participação no Festival: a poesia, o haicai e a letra de música. Poeta e haicaísta, Alice já publicou 21 livros, entre poesias, traduções e uma história infantil, e compõe letras de música desde os 26 anos. Apesar de já ter sido cantada por dezenas de intérpretes da MPB, lançou somente em 2005 seu primeiro CD, “Paralelas”, com a participação de Zélia Duncan e Arnaldo Antunes.

A roda de conversa com a poeta no festival literário será às 19h30, no Centro de Convenções, tendo como mediadora Susanna Busato, poeta e professora de poesia brasileira na Unesp de Rio Preto. A curadoria das rodas de conversa é do Clube de Autores.

 

Pavilhão do Fliv

Hoje, o Pavilhão do Fliv recebe Renata Roman Ayres, que vai ministrar uma oficina de contação de histórias para crianças com idade entre 9 e 11 anos. Por meio de atividades cooperativas, a oficina busca fornecer elementos de diferentes narrativas para que as crianças compreendam o processo de criação e transmissão de histórias. As oficinas acontecerão em quatro momentos do dia – das 7h45 às 9h45, das 10h às 12h, das 12h45 às 14h45 e das 15h às 17h –, no Centro de Convenções .

No espaço da Atol Cultural, duas oficinas de criatividade serão realizadas nesta quarta-feira. A primeira será com o artista plástico Gustavo Rapassi, de Votuporanga, que ensinará técnicas de modelagem em jornal. A atividade será das 17h às 19h. Na sequência, haverá uma oficina de teatro para quem não quer ser ator, ministrada por Ricardo Diaz.

 

Dança em cena

Pela primeira edição da Mostra Internacional de Dança de Votuporanga, duas apresentações serão realizadas nesta quarta-feira, a partir das 21h, no palco da Avenida dos Bancários: “Memórias e Confissões”, da cia. Versus, de Rio Preto, e “Hip Hop na Mala”, do bboy Ticko, de Votuporanga.

Além dos dois espetáculos, dançarinos e estudantes de dança podem participar de uma oficina de dança contemporânea com Suzana Gomes. A atividade será nesta quarta e quinta-feira, às 15h, no Centro de Convenções. A inscrição é gratuita e pode ser feita uma hora antes do início da oficina. Jociene Ferreira

a.cidade@terra.com.br

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password