H1N1 faz outra vítima, uma mulher de 65 anos

A região registrou a décima segunda morte por H1N1 nesta segunda-feira, dia 14.  A vítima é Maria Aparecida Pereira Pinto, moradora de Zacarias, de 65 anos, que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Hospital Beneficência Portuguesa, em Rio Preto. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ela morreu no início da noite desta segunda-feira, dia 14.

O número de casos confirmados na região subiu de 87 para 98. Um bebê de apenas cinco meses morreu vítima da gripe suína no último dia, 8. Vitor Hugo Pereira, de Jales, apresentou os primeiros sintomas na segunda-feira, dia 7. No mesmo dia, foi internado na Santa Casa de Jales e de lá foi transferido para o hospital Padre Albino, em Catanduva, onde morreu.

A região de Catanduva é a que mais preocupa em relação ao vírus da gripe suína. De acordo com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde da cidade, são 131 notificações, sendo que 55 deram positivos, 71 negativos e cinco aguardam resultado.

Por conta do grande número de mortes por gripe suína na região, a Secretaria de Estado da Saúde antecipou a campanha de vacinação, que deve começar na segunda quinzena deste mês. Antes, a campanha estava marcada para o dia 30 de abril. Como o vírus da gripe sofre mutações, a composição da vacina muda a cada ano.

Sintomas

Os sintomas do H1N1 são parecidos com os de uma gripe comum, entre os quais febre alta, tosse, dificuldade para respirar, dor de cabeça e pelo corpo.

Tatiana Pires – diarioweb.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password