Guerrero decide, e Corinthians vence a Chapecoense fora de casa

O duelo entre Corinthians e Chapecoense deste domingo ficará marcado na história, pois foi a primeira partida entre os dois clubes. O futebol apresentado pelas duas equipes, nesta terceira rodada do Campeonato Brasileiro, é digno de esquecimento. Sem chances de gol, o Timão precisou da ajuda da defesa adversária para marcar o gol da vitória, que veio do peruano Guerrero.

Jogando com sua camisa amarela, o primeiro tempo do Corinthians foi muito abaixo do apresentado nas últimas partidas. Com Fágner jogando muito mal, o Timão passou sufoco e por pouco não viu a Chapecoense balançar as redes.

Já na segunda etapa, Mano Menezes mudou o time, com as entradas de Luciano, Bruno Henrique e Danilo, mas continuou vendo seu time armar pouco e chutar menos ainda. Wanderson, camisa 5 da Chapecoense, foi o melhor jogador do Corinthians em campo. Isso porque o zagueiro do Verdão furou dentro da sua própria área e fez com que a bola sobrasse para Guerrero marcar seu primeiro gol no Campeonato Brasileiro.

AMARELOU

O primeiro tempo foi um ponto fora da curva nas atuações do Timão. Recuado, a equipe do Corinthians mostrou pouco de seu poder ofensivo e não incomodou o goleiro da Chapecoense. As únicas chances do Corinthians vieram nas bolas alçadas na área por Jadson e em um chute de Petros, que passou longe do gol. Nada mais.

Concentrando suas jogadas pelo lado direito de seu ataque, o Corinthians buscava explorar a parte frágil da defesa adversária, com o improvisado Neuton na lateral. Entretanto, em noite apagada de Petros, Guilherme, Romarinho e Guerrero, o Timão não se livrou das inúmeras broncas de Mano Menezes, que esbravejava na beira do gramado.

A equipe de Chapecó, por sua vez, não se acanhou com a grandeza do Corinthians e desde o começo da partida buscava o ataque. Ao esbarrar na ótima defesa alvinegra, a Chapecoense só levou perigo ao gol de Cássio após os 30 minutos, com um chute forte de Diones. Com o foco de suas jogadas em cima de Fagner, lateral-direito do Corinthians, que passou por noite lamentável, o Verdão de Santa Catarina criou boas chances de gol. As bolas aéras também levaram perigo, mas Ralf e Cleber salvaram o Corinthians.

ELE APARECEU

A volta para o segundo tempo deveria ser melhor, para que a partida tivesse alguma emoção. De fato, foi. A Chapecoense começou a segunda etapa pressionando ainda mais o time do Corinthians. Mudando suas jogadas ofensivas para o lado esquerdo, o Verdão viu Ednei ultrapassar Fabio Santos e cruzar com precisão para Leandro, que antecipou Cleber, mas mandou para fora.

Apesar de marcar presença no campo de ataque no começo da etapa final, a Chapecoense recuou e permitiu que o Corinthians avançasse. Porém, sem sucesso. Petros manteve sua atuação apagada, Jadson também se escondeu e Guilherme mostrou um fraco futebol, tanto que foi substituído. Guerrero, porém, estava lá. Sumido durante toda a partida, o camisa 9 do Corinthians aproveitou a falha generalizada da defesa do Chapeconse e, sozinho, fuzilou para o gol, abrindo o placar da partida.

O jogo, que já estava morno, esfriou. O Timão não criou mais, a Chapecoense não conseguiu chegar ao gol de Cássio e o árbitro Wagner Reway decretou o final da fraca partida disputada em Chapecó (SC).

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 x 1 CORINTHIANS

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data-hora: 04/05/2014
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Joadir Leite Pimenta (MT) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Público-Renda: 15.512 pagantes – R$ 417.960,00
Cartões amarelos:  André Paulino e Neuton (Chapecoense)  Guilherme, Romarinho, Fagner (Corinthians)
GOLS: Guerrero (32’/2ºT)

CHAPECOENSE: Danilo; Ednei, Rafael Lima, André Paulino (Alemão – 39’/2°T), Rodrigo Biro; Wanderson, Diones, Ricardo Conceição; Regis (Tiago Luis – 22’/2°T), Leandro e Fabinho Alves (Bergson- 28’/2°T) – Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme (Bruno Henrique – 22’/2°T), Petros e Jadson (Danilo – 42’/2°T); Romarinho (Luciano – 37’/2°T)e Guerrero – Técnico: Mano Menezes.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password