Grupo unido para garantir classificação do CAV

Técnico prega que o jogo de amanhã é o que garante a vaga; se passar às quartas, será a primeira vez do CAV em um mata-mata

Não foi uma semana fácil para o técnico Marcelo na Votuporanguense. Além do quebra-cabeça para repor três desfalques por suspensão, o treinador ainda teve que com a ausência de Victor Palito, um dos melhores nessa segunda fase, que somente se reapresentou na manhã de ontem e, punido, fica no banco no embate de amanhã.

Apesar dos problemas, o treinador alvinegro demonstrou confiança no grupo e prega que este é o jogo da classificação. “Os desfalques são consideráveis, mas o time não é feito de 11. São 27 jogadores e agora chegou a oportunidade de alguns mostrarem valor. Vamos carimbar a classificação neste jogo, é a partida mais importante até aqui para nós”, declarou Marcelo Henrique.

Para o treinador, a ausência mais sentida será do zagueiro Paulo Henrique. “Ele jogou todos os minutos da competição, nunca foi substituído e sempre começou jogando”. O comandante também comentou que, apesar de quatro mudanças, a postura da equipe em campo segue a mesma. “Vamos começar novamente no esquema de 4-3-3 com os atacantes marcando a saída de bola”.

Marcelo Henrique se mostrou chateado com o episódio envolvendo Victor Palito, mas afirmou que o grupo está fechado e focado na classificação.

“Faltou comprometimento Palito com o clube, ainda mais por ser um jogo decisivo. Deveria ter pensado mais no clube. Mas conversei com todos os atletas e a união deste grupo me impressionou. Os jogadores mais experientes vieram conversar comigo e disseram para ficar tranquilo que eles irão fazer de tudo para classificarmos já amanhã”, relatou.

Justificativa

De acordo com o treinador, Victor Palito justificou o desaparecimento por ter perdido um voo no Maranhão. Após o jogo em Sorocaba, no último sábado, o atleta viajou para outro estado  e voltaria na quarta cedo, mas acabou perdendo o compromisso. O presidente do clube, Marcelo Stringari, afirmou que vai descontar cinco dias de trabalho do jogador.

Álvaro, que sempre entra na equipe durante as partidas, herdou a vaga de Victor Palito. O jogador que veio do Botafogo – SP foi o destaque do coletivo na última quinta-feira. Ele marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 dos titulares contra os reservas.

Treino

Os jogadores do clube fizeram um treino tático e de finalização na manhã de ontem. À tarde, o grupo foi dispensado para descanso. Adílson Bahia que sentiu um desconforto e deixou o coletivo de quinta-feira, treinou normalmente na manhã de ontem. Na manhã de hoje, os jogadores se reuniram às 10h, no Plínio Marin, para o tradicional “rachão”. Fábio Ferreira/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password