Grupo Cúmplices presenteia pacientes da Santa Casa

Na véspera da Páscoa, integrantes distribuíram chocolates nas alas do Hospital, com muita música e amor

Na véspera da Páscoa, a Santa Casa de Votuporanga foi inundada pelo amor e solidariedade. O grupo de voluntários Cúmplices esteve nesta terça-feira (27/3) no Hospital, deixando o ambiente ainda mais acolhedor para os pacientes internados. Ao som do violão e voz do cantor Joab, momentos indescritíveis de muita generosidade encheram os assistidos de esperança.

São 16 “Cúmplices” que se dedicaram em fazer o bem. Os integrantes distribuíram 200 kits de chocolates com mensagens para os pacientes. Com os dizeres “Uma cesta de carinhos para você!”, percorreram alas levando alegria e muita emoção.

O recém-nascido José Bernardo mal veio ao mundo e já foi inundado de generosidade. Ele ainda não sabe o sabor de chocolate, mas, atento, sentiu o poder do amor. “Ele nasceu segunda-feira e já recebeu toda esta alegria”, afirmou a mãe Dara Maria dos Santos.

Felicidade que contagiou também o pequeno Arthur Melo de Oliveira, de apenas um ano  e um mês. O cantor Joab entrou em seu quarto na Pediatria e, imediatamente, o menino levantou para dançar. “Arthur adora uma música”, contou a mamãe Josivaina Silva de Melo.

Alegria, felicidade, esperança e emoção. Assim que o grupo marcava sua presença no Hospital, criando a corrente do bem para quem mais necessita. “Eu já me internei aqui, mas nunca tinha vivenciado este momento. É lindo, maravilhoso”, afirmou Sivalta Querobina de Amorim, aos prantos.

Para Laureci Elisa Rua, que está com a mãe Santa Helena Tilhaque internada, o exemplo deve ser seguido. “Eu incentivo ações assim, que são mais que bem-vindas”, falou.

Assim o grupo Cúmplices faz florir os corações das pessoas com o bem. Bem que é transmitido de geração em geração como cantor Joab e seu filho Yan, de 10 anos. “A música traz conforto, saímos daqui mais gratos do que quem recebeu, por transmitir conforto aos enfermos. Falamos de Deus e as pessoas saem mais fortalecidas”, afirmou o pai. Yan concordou. “É uma experiência muito boa ajudar os outros, principalmente com a música”, complementou.

E este projeto só irá crescer. Além da Páscoa e do Natal, o grupo passará a visitar a Santa Casa em um sábado por mês. Marisa Reinoldes Andrade foi quem anunciou as boas-novas. “A partir de abril, estaremos aqui em um período para acolher os pacientes. Estaremos no Hospital para levar sorrisos, aperto de mão, palavras que acalentam o coração”, contou.

Além de música e muito amor, os integrantes irão entregar flores aos sábados. “A ideia surgiu do nosso lema: que a gente possa florir onde a vida nos plantar. Com este sentimento, que queremos expandir nossa atuação para todo mês”, complementou.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, destacou a importância destas visitas. “Entendemos o quanto que é fundamental a humanização de diversas áreas do Hospital e, por isso, apoiamos estas iniciativas. Os voluntários não doam somente o seu tempo e sua generosidade, mas respondem a um impulso humano fundamental: a vontade de colaborar, de ajudar, de dividir alegrias, aliviar sofrimentos e de melhorar a qualidade da vida em comum”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password