Greve dos bancários completa um mês na região noroeste paulista

Alguns serviços oferecidos nos caixas eletrônicos não estão disponíveis. Nova reunião deve ser feita nesta 4ª feira (5) para tentar por fim à greve.

A greve dos bancários está completando um mês nesta quarta-feira (5) e tem muita gente irritada com essa paralisação. Alguns serviços que vinham sendo oferecidos nos caixas eletrônicos já não estão mais disponíveis, como os depósitos em envelopes.

Apesar dos bancos oferecerem atendimento eletrônico para quase todos os tipo de transações, algumas operações acabam sendo prejudicadas no período de greve, especialmente nas instituições públicas.

Outra situação que tem gerado dificuldade entre os clientes são as contas atrasadas que precisam ser pagas diretamente no caixa de determinado banco. Nesse caso, o Procon orienta que o cliente vá até a agência e exponha a situação a um funcionário. Se não der certo, o cliente deve ainda entrar em contato com o banco pelo telefone ou pelo site. Em último caso, o cliente pode procurar o Procon para formalizar a reclamação.

As principais reinvindicações dos bancários são reposição da inflação do período, valorização do piso salarial e melhores condições de trabalho. A Fenaban, que é a federação dos bancos, diz que já apresentou três propostas aos representantes dos sindicatos. A mais recente foi apresentada na última quarta-feira (28), na qual a entidade ofereceu aumento no abono para R$ 3.500,00, mais 7% de reajuste salarial, extensivo aos benefícios. Uma nova reunião deve ser feita nesta quarta-feira (5) para tentar por fim à paralisação. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password