Governo garante que resolve erosão até fevereiro

Enfim, chegará ao fim a grande erosão que se formou às margens da rodovia Euclides da Cunha (SP-320), em Votuporanga, nas proximidades da avenida Wilson Foz. O governo do Estado comunicou o jornal

A Cidade que o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) obteve a imissão na posse de uma das áreas faltantes e a Prefeitura de Votuporanga também conseguiu autorização dos proprietários da futura avenida marginal para retomadas das obras de duplicação do lote 3.

De acordo com o DER, o retorno dos investimentos será em janeiro de 2014, após as festas de final de ano. A erosão existente na futura marginal será sanada após a conclusão das obras prevista para fevereiro de 2014. 
Este é o único trecho em atraso na duplicação em Votuporanga e a cratera preocupa a sociedade, especialmente em dias de chuva. Nas suas proximidades, há prédios comerciais e também uma construção, da qual o buraco já ficou apenas um metro de distância. 
Divino Salustiano, que cuida de uma obra perto deste problema, disse que está assustado. 
Ele contou que a erosão tinha avançado ainda mais perto do terreno. “Vieram aqui, fizeram uma correção, mas não resolveram a situação. A cada chuva que dá, a gente nem dorme direito, pensando no que vai encontrar aqui no outro dia de manhã”, falou.
A proprietária do salão em construção, Regina Maria Morini Romera, já tinha procurado diversos órgãos em busca da solução para este problema e até então não havia conseguido nada. 
Segundo o DER, a erosão foi ocasionada pelas águas provenientes da via marginal em terra, no local onde as obras na Euclides da Cunha ainda não foram concluídas até a presente data. No trecho de Votuporanga finalizaram 88% da duplicação.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password