Goiás bota ponto final na arrancada da Portuguesa e vence no Canindé

Portuguesa e Goiás mostraram que não existe favorito no Campeonato Brasileiro, independentemente do momento em que as equipes vivem. Em ascensão, a Lusa foi derrotada por 2 a 1 pelo Esmeraldino – que não ganhava há três partidas – e não teve forças para reagir.

No primeiro tempo, as equipes fizeram uma partida muito corrida, mas com passes errados em demasia. Consequentemente, as chances de gol foram raras. O Goiás ameaçou mais pelo lado esquerdo, em investidas de William Matheus, enquanto a Lusa construía suas jogadas buscando sua referência na área, o artilheiro Gilberto.

Se  com a bola rolando estava difícil, o Esmeraldino abriu o placar com ela parada. Após cobrança de escanteio, Moisés Moura afastou mal e Hugo soltou um foguete de esquerda, sem chances para Lauro, aos 36 minutos da primeira etapa.

Logo no início da metade final, a Portuguesa sofreu um duro golpe. Rogério derrubou Eduardo Sasha na área. Pênalti que Walter cobrou com muita força para ampliar a vantagem no Canindé. A Lusa veio para o abafa, mas não conseguia furar o bloqueio do Verdão, que assustava nos contra-ataques em velocidade.

À frente do placar, o técnico Enderson Moreira tratou de retrancar o Goiás. Tirou Hugo, seu camisa 10, para colocar o zagueiro Valmir Lucas e garantir o resultado. Entretanto, a Lusa martelava para tentar diminuir. Desperdiçou duas jogadas com Valdomiro em escanteios – em uma o zagueiro adversário cortou em cima da linha -, mas chegou ao seu gol aos 37.

Héverton, que acabara de entrar, aproveitou rebote do goleiro Renan após chute de Luis Ricardo para empurrar para as redes. Com pressão total, a Lusa procurou empatar a todo custo, mas não consegui furar a barricada dos goianos, que deixaram o Canindé com os três pontos.

FICHA TÉCNICA:
PORTUGUESA 1×2 GOIÁS

Data/Hora: 10/10/2013, às 19h30
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo
Assistentes: Janette Mara Arcanjo (Fifa/MG) e Marcos Santos Vieira (AM)
Cartões Amarelos: Gilberto (POR) Amaral, David, Renan e William Matheus(GOI)
Renda/Público: R$ 67.160,00/ 3.353 pagantes
Gols:
 Hugo, aos 36’/1ºT (0-1) ; Walter, aos 6’/2ºT (0-2) e Héverton, aos 37’/2ºT (1-2)

PORTUGUESA: Lauro; Luis Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Corrêa (Wanderson, aos 16’/2ºT), Bruno Henrique, Moisés e Souza; Bérgson (Henrique, aos 28’/2ºT) e Gilberto. Técnico: Guto Ferreira.

GOIÁS: Renan, Thiago Mendes, Rodrigo, Ernando, William Matheus; Amaral, David, Hugo (Valmir Lucas, aos 23’/2ºT), Eduardo Sasha, Roni (Renan Oliveira, aos 27’/2ºT); Walter. Técnico: Enderson Moreira.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password