Galeria Central ganha lotérica no dia 1°

Dos 18 boxes disponíveis, apenas um está vazio: o que será destinado para sorveteria

A Galeria Central de Votuporanga ganha uma lotérica até o dia primeiro de outubro. A informação foi do presidente da Associação dos Lojistas da Galeria Central, Carlos Ramalho da Matta, que esteve no programa Jornal da Cidade, da Rádio Líder, na manhã de ontem. “O consumidor que tem dificuldade em pagar suas contas, poderá se deslocar até nosso espaço, a partir do dia 1º”, disse.

Carlos contou ainda que apenas um box está em comercialização. Os outros 17 estão ocupados por comerciantes. “Só está faltando a área para a sorveteria. As demais lojas estão bem montadas e agradando os clientes”, destacou.

Diversidade

O presidente da Associação ressaltou a diversidade de prestadores de serviços instalados na Galeria Central. “Temos artesanato, estabelecimento de xerox, escritório de advogado, afiação de alicates, até lanchonete. O ambiente ficou muito gostoso e agradável. O consumidor que for lá vai encontrar uma diversidade de comércio muito grande”, disse.

Projetos sociais aos sábados

Ele enfatizou a realização de projetos sociais aos sábados. A comissão de eventos da associação está finalizando a ação voltada para o Dia das Crianças. “Será um evento diferenciado”, adiantou.

Também haverá programação para o Natal e uma feira de orquídeas acontecerá na Galeria Central. Entre as novidades, o músico Anisinho Martins está tocando no espaço. “A atração está movimentando a Galeria. Anisinho trouxa a radio web para o local. A nossa intenção é de todos os sábados, promover atividades diferenciadas”, frisou.

Comerciantes do antigo Mercadão

Carlos da Matta também falou ainda dos trabalhos dos comerciantes do antigo Mercadão Municipal, que foram transferidos para a Galeria Central. “O prédio do Mercadão estava muito precário. Eles estão felizes com a mudança. Em termos de estrutura, melhorou muito. Os lojistas relatam aumento de 30% no movimento. Mantiveram sua clientela e ainda ganharam novos”, destacou.

Aluguel

Ele citou ainda que o aluguel do único box vazio é de R$ 350. “É um valor que não tem em nenhum lugar de Votuporanga”, disse.  O presidente da Associação destacou que há oito pessoas na fila de espera para uma loja. “Os contratos são feitos para um ano. Não existe venda e nem compra do ponto”, finalizou. Andressa Aoki/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password