Gaeco realiza busca e apreensão em residência de suspeito em Votuporanga, em operação contra fraudadores  

Ao todo, cinco mandados de prisão temporária e 13 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em nove cidades no Estado. A quadrilha alvo dessa operação é suspeita de fraudar concursos públicos, especialmente consórcios públicos.

Nesta segunda-feira (7), uma operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado) e a Promotoria de Justiça de Macatuba/SP deflagraram a Operação Apaniguados, com o cumprimento de 13 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão temporária em nove cidades paulistas: Campinas, Jaguariúna, Cosmópolis, Santo Antônio de Posse, Cordeirópolis, Nova Odessa, Holambra, Macatuba e Votuporanga.  

O objetivo da operação é combater crimes de fraude a licitação, fraude a concurso público, falsidade ideológica e corrupção.   

Segundo o apurado, após mais de quatro meses de investigação, o grupo criminoso alvo da ação desta manhã era “especializado” em fraudar concursos públicos, especialmente de Consórcios Públicos.  

Ainda de acordo com a investigação, havia a participação direta de agentes públicos no esquema criminoso, responsáveis pela indicação dos candidatos que foram favorecidos nos concursos fraudados. Apurou-se também que o grupo pagava propina a agente público envolvido nos crimes.  

Os nomes e outros dados da ação não foram divulgados pelo MP-SP (Ministério Público de São Paulo). Segundo a assessoria do órgão, a investigação está em sigilo. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezesseis − 10 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password