Furtos caem mais de 20% em Votuporanga

Comparativo leva em conta os quatro primeiros meses de 2014/2015; n.º de inquéritos abertos neste ano chega a quase 500

Votuporanga encerrou os quatro primeiros meses de 2015 com queda nos principais indicadores de criminalidade, entre eles, os roubos e furtos.
Em compensação, o número de inquéritos policiais instaurados impressiona: 120 só em abril, totalizando 492 no acumulado do ano.
As estatísticas da criminalidade foram divulgadas ontem, pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Queda
A quantidade de furtos caiu 24% em relação a 2014 (-115). No acumulado de 2015, foram 372 crimes desta natureza, contra 487. O número também diminuiu em relação a março deste ano, de 114 para 104. Onze veículos foram furtados no mês passado.
O indicador também apresentou queda de 13% no comparativo com 2013 (-57).
Enquanto o número de furtos caiu em todos os parâmetros, a quantidade de roubo registrou queda d

Geral
Em abril, 36 prisões foram efetuadas, num total de 171 em 2015. Foram registradas 16 ocorrências de porte de entorpecentes (66 no total); 11 tráficos; 2 portes ilegais de arma; e 26 flagrantes lavrados (97 em 2015).
Trinta e uma pessoas foram presas em flagrante (120 no acumulado do ano) e 10 por mandato; 16 veículos recuperados;
4 armas de fogo apreendidas e três infratores apreendidos em flagrante (10 no acumulado do ano).
No mês passado, foram três homicídios culposos por acidente de trânsito, totalizando cinco em todo ano; 42 ocorrências de lesão corporal dolosa (150 no total); 53 casos de lesão corporal culposa por acidente de trânsito (225).
Duas ocorrências de estupro foram registradas, somando 10 em todo ano.

2014
Em abril de 2014, foram registrados um homicídio doloso e um culposo por acidente de trânsito; além de uma tentativa; 44 casos de lesão corporal dolosa; 19 roubos e 115 furtos.

2013
Em abril de 2013, foram apenas cinco roubos e 121 furtos.

Interior
O interior do Estado de São Paulo também apresentou queda nos principais indicadores de criminalidade. Os homicídios dolosos diminuíram, com 8,36% casos a menos de janeiro a abril. Os indicadores também caíram no mês de abril.
Isoladamente, os roubos de veículos caíram 25,94% nos quatro primeiros meses do ano (de 8.060 para 5.969 – 2.091 a menos). O número é o menor para o quadrimestre desde 2011 (5.836 casos).
Com queda de 13,27% nos quatro primeiros meses, os roubos em geral tiveram 4.053 ocorrências a menos. No período, a quantidade de casos é de 26.480 ante 30.533 no mesmo período de 2014.
A queda de 9,53% dos furtos de veículo representa uma diminuição de 1.588 casos. Os registros caíram de 16.663 para 15.075. O mesmo crime também recuou no mês. Em abril, houve diminuição de 11,83% no índice, que passou de 4.251 para 3.748 ocorrências.
No mesmo comparativo, os furtos em geral caíram 8,33%. É o menor número de casos para o quadrimestre desde 2001, quando começa a série histórica.

Proteção à vida
A taxa de homicídios dos últimos 12 meses – de maio de 2014 a abril de 2015 – ficou abaixo do limite considerado “endêmico” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 10 mortes a cada 100 mil habitantes. O índice foi de 9,01 casos a cada grupo de 100 mil residentes no interior de São Paulo.

Recorde 
O trabalho das polícias Civil e Militar do interior do Estado de São Paulo alcançou recorde no número de prisões, tanto no quadrimestre quanto no mês, desde o início da série histórica, em 2001. Fernanda Ribeiro Ishikawa/Diário de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password