Funcionário de ônibus encontra feto em compartimento de descarga

Um funcionário responsável pela limpeza de um ônibus de viagens de São José do Rio Preto encontrou no compartimento que armazena dejetos da descarga um feto. O caso aconteceu no início do mês, mas foi esclarecido e divulgado ontem (28).
Segundo informações da Delegacia de Investigações Gerais a cidade, a Polícia Técnica foi acionada e realizou perícia no veículo. Policiais civis identificaram a mãe do feto, uma adolescente de 17 anos, boliviana, e que mora em Bady Bassitt há quatro anos.
Em depoimento à polícia, a menor disse que estava grávida de três a quatro meses e, voltando da Capital, sentiu fortes dores, foi ao banheiro e teve um aborto espontâneo. A versão é contestada pela polícia, já que a jovem não relatou ao motorista que estaria passando mal ou sobre o que aconteceu.
A polícia não descarta que o aborto tenha sido induzido. O feto foi enviado ao IML e um laudo deve ficar pronto nos próximos dias. Ele poderá determinará a causa do aborto e se foram encontradas substâncias químicas abortivas no feto.
Se for comprovado o abordo induzido, por ser menor de idade, a adolescente comete apenas “ato infracional”. Quem julga a pena e/ou a aplicação de medidas sócio-educativas é o Juizado da Infância e Juventude. O caso segue em investigação.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password