Fugitivo de Monte Aprazível é preso em Porto Velho

O homem que fugiu de um carro da Secretaria de Administração Penitenciária na frente do Fórum de Monte Aprazível no dia 9 de outubro foi preso em Porto Velho (RO), no sábado, 1º, após assaltar uma loja de materiais de construção em Humaitá, no Amazonas (AM).

Segundo o boletim de ocorrência, Raimundo Oliveira da Silva, 37 anos, teria invadido uma loja em Humaitá (a 200 quilômetros da capital de Rondônia) e feito dois reféns, então ele fugiu para Porto Velho com uma Fiat/Strada pertencente a dona da loja. Ao cruzar a ponte sobre o rio Madeira, Silva foi surpreendido por uma viatura da Polícia Militar de Rondônia, que já tinha sido alertada sobre o crime no Amazonas e a fuga.

O bandido tentou fugir e houve troca de tiros. A perseguição só terminou dentro da cidade, quando Silva tentou se esconder em uma casa, mas foi preso com uma arma cujo calibre não foi informado.

O homem tem mais de 100 anos de condenações criminais por vários roubos, cárcere privado, ameaça e é acusado de estupro. Antes da fuga, ele estava na penitenciária Nestor Canoa 1 de Mirandópolis e iria prestar depoimento no Fórum de Monte Aprazível sobre o caso da acusação de estupro. Durante o transporte, ele conseguiu se desprender das algemas e, assim que a porta do veículo foi aberta, ele agrediu uma policial militar que estava fazendo a escolta e saiu correndo. Durante a fuga, ele chegou a invadir três casas e, mesmo com reforço de equipes de várias cidades da região e de forças especiais da polícia, como o Canil e Força Tática, não foi encontrado.

Mesmo com o sumiço de Silva a audiência foi realizada. Natural de Rio Branco, no Acre, o homem foi preso pela Delegacia de Investigações Gerais de Rio Preto em setembro do ano passado depois de roubar R$ 80 mil de uma fazenda no município de Monte Aprazível.

Na ação, Raimundo estava armado com um revólver calibre 38 e rendeu um homem no estacionamento de um supermercado. A vítima aguardava a mulher, que fazia compras no interior do estabelecimento, quando foi rendida pelo bandido. Ele amarrou o homem, o jogou para o banco traseiro e seguiu com o veículo até a fazenda.

Na propriedade rural, o bandido fez um funcionário refém e roubou o dinheiro. Ele fugiu com duas vítimas, deixou o funcionário da fazenda na rodovia Feliciano Salles Cunha, próximo a Monte Aprazível, e seguiu até a vicinal Deputado Bady Bassitt, perto de Engenheiro Balduíno, onde abandonou o carro e o outro refém. No mesmo dia, ele foi preso dentro de um ônibus, indo para Tanabi. Por esse crime ele foi condenado a 20 anos de prisão em regime fechado.

Nem a delegada responsável pelo caso em Porto Velho, nem o delegado de Monte Aprazível – que conduz as investigações da fuga – foram encontrados para informar qual será o destino de Silva. Diário da Região de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password