Foragido invade casa e mata a facadas menina de 14 anos

A mãe da vítima que trabalha em um salão do lado da residência ouviu os gritos de desespero da filha e ao conferir, encontrou a jovem gravemente ferida. Vizinhos revoltados com a crueldade do assassinato se organizaram e ajudam os policiais nas buscas pelo principal suspeito, um vizinho da jovem, em Araçatuba/SP.

Na manhã deste sábado (19), a adolescente Julia Maria de Lima Barbassa Mendes, de 14 anos, foi assassinada a facadas, dentro da própria casa, na rua Cláudio Dionísio Sanches de Souza, no bairro Água Branca, em Araçatuba/SP.

De acordo com informações, ainda por motivos não esclarecidos pela polícia, o homem apontando como principal suspeito, o vizinho da vítima, Daniel Gaspar Barbosa, de 33 anos, que é foragido da Penitenciária de Bauru/SP, onde cumpria pena por homicídio e tráfico de drogas, teria pulado o muro da residência, esfaqueado a jovem que dormia no sofá da sala e fugido em seguida.

A mãe da vítima que trabalha em um salão de beleza do lado da casa, escutando os gritos desesperados da filha foi conferir o que acontecia, quando conseguiu ver um homem pulando o muro do imóvel para fora, e encontrou a jovem gravemente ferida com cinco perfurações, na área da cabeça, pescoço e abaixo da axila.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e socorreu a jovem ainda com vida, mas não resistindo as lesões faleceu antes mesmo de dar entrada no hospital.

Os policiais afirmaram que foram encontrados ainda sinais de estrangulamento e indícios de que o agressor tentou estuprar a vítima.

Ainda segundo a imprensa local, testemunhas teriam entrado em uma mata logo no final da rua, revoltados, moradores se uniram para procurar pelo autor do crime e distribuíram a foto do homem via WhatsApp na tentativa de localiza-lo. Os vizinhos ainda afirmaram que a menina não tinha nenhuma relação de amizade com o suspeito.

Assim como contaram que Daniel morava na mesma rua, a cerca menos de 100 metros da casa da adolescente, e que logo pela manhã, foi visto na rua e chegou o cumprimentar o pai e o irmão da garota quando estes saíram para trabalhar.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico. O laudo vai apontar com precisão a quantidade de ferimentos e os órgãos atingidos. Uma perícia do Instituto de Criminalística acontece nesse momento no local. Enquanto a polícia realiza buscas na tentativa de capturar o indivíduo.

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezesseis − nove =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password