Fluminense goleia o Bahia e Fred bate recorde de gols no Brasileiro

O Fluminense não encontrou muita dificuldade para golear o Bahia por 4 a 0 em partida disputada na noite desta quinta-feira, no Engenhão. Fred marcou dois gols, chegou aos 44 com a camisa do Fluminense na competição nacional, e se tornou o maior artilheiro do clube no torneio, superando Magno Alves que havia marcado 43 gols pela equipe tricolor.

O resultado fez o Tricolor das Laranjeiras seguir na terceira posição do Campeonato Brasileirocom 22 pontos ganhos. Já o Bahia segue em situação difícil, já que soma apenas sete pontos ganhos e está na penúltima colocação na tabela de classificação.

Foi um resultado justo pelo que os dois times apresentaram durante a partida. O Fluminense, que é a única equipe invicta do campeonato, buscou o gol desde o primeiro minuto e acabou premiado pela persistência em buscar jogadas ofensivas. O Bahia, muito desfalcado, entrou com um esquema cauteloso, mas não teve competência para segurar o adversário.

Na próxima rodada o Fluminense enfrentará a Ponte Preta, em Campinas, enquanto o Bahia terá pela frente o Coritiba, em Salvador.

O Fluminense começou a partida no ataque mas foi o Bahia o primeiro a chegar ao gol aos dois minutos em chute longo de Hélder, que encobriu o travessão defendido por Diego Cavalieri. O Tricolor das Laranjeiras que contava com a volta do meia Deco para organizar a equipe tentava trocar passes com mas velocidade para chegar à área baiana. O time dirigido por Falcão tinha uma postura mais defensiva e tentava prender a bola para quebrar o ritmo do adversário.

              Com os dois gols marcados, Fred se tornou o maior artilheiro da história do Fluminense no Campeonato Brasileiro

Mesmo ficando mais tempo com a bola, o Fluminense encontrava dificuldades para ultrapassar a defesa baiana. Aos nove minutos, Deco arrancou desde o meio campo e bateu rasteiro de fora da área mas o goleiro Marcelo Lomba fez uma defesa segura.

O time dirigido por Abel Braga aumentou a pressão e aos 14 minutos, Thiago Neves bateu cruzado e Marcelo Lomba fez boa defesa. No lance seguinte, Deco tabelou com Fred mas na hora da conclusão a defesa baiana aliviou o perigo. Aos 16 minutos, foi a vez de Bruno bater cruzado e a bola desviar na zaga e sair com grande perigo. O Fluminense continuou pressionando em busca do primeiro gol e aos 20 minutos, Wellington Nem foi lançado pela esquerda e bateu para o gol, mas Danny Moraes desviou o chute para escanteio.

O Bahia encontrava muita dificuldade para incomodar a defesa carioca principalmente porque o atacante Souza estava isolado na frente e era obrigado a recuar para poder tocar na bola. Aos 23 minutos, o lateral Carlinhos recebeu no lado esquerdo, derivou para o meio e mandou a bomba, mas Marcelo Lomba defendeu, espalmando a bola para sempre.

A equipe dirigida por Abel Braga aumentou a pressão utilizando principalmente os laterais Bruno e Carlinhos que buscavam incessantemente o ataque. Só aos 31 minutos é que o Bahia voltou a incomodar com Kléberson, que chutou por cima do travessão sem levar grande perigo para a defesa carioca.

O Fluminense continuava com o controle absoluto da partida e o time baiano continuava mais preocupado em não dar espaços ao adversário. Aos 40 minutos, o Tricolor teve a melhor chance para abrir o marcador quando Jean tabelou com Deco, cruzou para a área e o volante Diones se atrapalhou e quase marcou contra, mas o goleiro Marcelo Lomba salvou com os pés. Aos 45 minutos, o Bahia desperdiçou a sua maior chance no primeiro tempo. Kléberson arrancou do meio campo, tabelou com Mancini e recebeu livre na área, mas adiantou a bola e acabou desarmado pelo zagueiro Gum.

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo e com o mesmo panorama da etapa inicial com o Fluminense pressionando em busca do gol e o Bahia se defendendo e tentando explorar os espaços deixados pela zaga tricolor.

Aos três minutos, Wellington Nem penetrou pelo meio da área e se chocou com o goleiro Marcelo Lomba. O árbitro marcou pênalti que Fred converteu sem chances para o goleiro do Bahia. A vantagem animou o time da casa que continuou pressionando em busca do segundo gol enquanto o Bahia se mostrava desnorteado em campo.

Aos sete minutos, Jean arrancou da intermediária e, quando os zagueiros baianos correram para marcar os atacantes, ,chutou forte de esquerda, mas a bola saiu. O Bahia fez uma boa jogada aos 11 minutos quando Vander arrancou pela esquerda, ganhou de Bruno e de Jean, mas errou ao tentar passar a bola para Mancini que entrava pelo meio.

Aos 16 minutos, novamente Mancini apareceu com perigo para a defesa tricolor com chute de fora da área defendido por Diego Cavalieri. Aos 18 minutos, Hélder mandou uma bomba de fora área e Diego Cavalieri espalmou. Logo depois, o técnico Falcão trocou o lateral esquerdo Gerley pelo meia Zé Roberto.

Aos 20 minutos, o Fluminense ampliou quando Fred recebeu na área e deu passe perfeito para Thiago Neves que entrava pelo meio e cabeceou sem dar qualquer chance ao goleiro Marcelo Lomba.

O lance desanimou a equipe visitante que sofreu o terceiro gol aos 29 minutos, novamente através de Fred cobrando outro pênalti. O artilheiro foi derrubado por Danny Morais quando tentava girar dentro da área para concluir.

O Bahia desanimou e o técnico Abel Braga aproveitou para poupar alguns jogadores, mas mesmo com os reservas em campo, os tricolores cariocas estiveram perto de marcar o quarto gol em conclusão de Wellington Nem que foi defendida por Marcelo Lomba. O Bahia ainda acertou a trave de Diego Cavalieri com um chute de Vander, mas o Fluminense chegou ao quarto gol aos 42 minutos em chute cruzado de Wallace, definindo o resultado da partida. (gazeta esportiva)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password