FLIV 2016 recebe grandes nomes da literatura para rodas de bate–papo

Escritores participam diariamente de atividades como bate-papos, oficinas e lançamentos de livros

Falta uma semana para o início da 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga e a cidade já se prepara para receber uma extensa programação cultural, com mais de 160 atrações gratuitas e abertas a todos os públicos.

Neste ano, o evento contará com a presença de mais de 15 escritores, que participam diariamente de atividades como bate-papos, oficinas e lançamentos de livros. Entre os nomes confirmados para esta edição do festival, estão autores conhecidos nacionalmente, como Marcia Tiburi, Lourenço Mutarelli e Noemi Jaffe.

Além da oportunidade de entrar em contato com importantes representantes da literatura nacional, o público também poderá adquirir livros nos estandes das livrarias Saraiva, Premier e Espaço.

Marcelino Freire e Evandro Affonso Ferreira

No sábado, 22 de outubro, os escritores Marcelino Freire e Evandro Affonso Ferreira se reúnem às 19h30, no auditório externo do Parque da Cultura, para o bate-papo “Trajetórias da Escrita”. Autores de livros premiados e reconhecidos pela crítica, Marcelino e Evandro falam de suas trajetórias como escritores, dos desafios da carreira literária, do processo de criação de romances e contos e também leem trechos de suas obras para o público.

Marcelino Freire é escritor e agitador cultural. Criador e diretor da Balada Literária, importante evento cultural de São Paulo, Freire também é autor de vários livros de contos e do romance “Nossos Ossos”, adaptado para o teatro e futuramente para o cinema.

Considerado um dos escritores mais respeitados do Brasil, Evandro Affonso Ferreira é autor de romances como “O Mendigo que Sabia de Cor os Adágios de Erasmo de Rotterdam”, ganhador dos prêmios Jabuti e APCA, e o recente “Não Tive Nenhum Prazer em Conhecê-los”.

Jean Garfunkel e Penélope Martins

Às 18h do domingo, 23 de outubro, no auditório externo do Parque da Cultura, os autores Jean Garfunkel e Penélope Martins discutem a força da voz e da cultura oral, abordando temas que vão da poesia e das narrativas à contação de histórias e às canções. Em seguida, os escritores ainda prestam um tributo à poetisa goiana Cora Coralina, autora homenageada nesta edição do FLIV.

Jean Garfunkel é músico, poeta, compositor e intérprete. Autor de canções gravadas por grandes cantoras da música popular brasileira, como Elis Regina, Zizi Possi, Margareth Menezes e Maria Rita, Garfunkel também musicou poema de Cora Coralina.

Escritora e contadora de histórias, Penélope Martins é autora dos livros “A Incrível História do Menino que Não Queria Cortar o Cabelo”, “Princesa de Coiatimbora”, “Poemas do Jardim” e “Quintalzinho”.

Veronica Stigger

Na segunda-feira, 24 de outubro, no auditório externo do Parque da Cultura, a escritora Veronica Stigger participa do bate-papo “Prosa Contemporânea”. Às 19h30, a autora conversa com o público sobre sua formação, os processos da escrita, a literatura contemporânea e os dilemas da ficção, a partir da leitura de seus textos.

Escritora, crítica e curadora de arte, Veronica Stigger é autora dos livros de contos “Gran Cabaret Demenzial” e “Os Anões”, e do romance “Opisanie Swiata”, ganhador do Prêmio Portugal Telecom.

Inês Bogéa

Na terça-feira, 25 de outubro, Inês Bógea participa de um bate-papo com o público, às 19h30, no Cine FLIV.  Diretora da São Paulo Companhia de Dança, Inês é bailarina, documentarista, escritora e professora no curso de especialização “Arte na Educação: Teoria e Prática”, da Universidade de São Paulo (USP).

Autora de obras infantis, como “O livro da dança”, e organizadora dos livros “Oito ou Nove Ensaios sobre o Grupo Corpo” e “Passado-Futuro – Textos e fotos sobre a São Paulo Companhia de Dança”, Bogéa foi crítica de dança da “Folha de S. Paulo” e já assinou mais de  40 documentários.

Tarso de Melo

Na quarta-feira, 26 de outubro, o poeta e professor Tarso de Melo participa, às 19h30, do bate-papo “Renato Russo escritor”. Tarso falará sobre os escritos deixados pelo vocalista e fundador da Legião e também sobre importância da literatura em sua trajetória.

Curador do Projeto Renato Russo, da editora Companhia das Letras, Tarso de Melo é o organizador do recém-lançado “The 42nd St. Band”, livro escrito por um dos mais importantes músicos do rock brasileiro.

Marcia Tiburi e Noemi Jaffe

Na quinta-feira, 27 de outubro, as autoras Marcia Tiburi e Noemi Jaffe se reúnem às 19h30, no auditório externo do Parque da Cultura, para o bate-papo “Ficção da Vida”. A principal questão abordada pelas escritoras será “Como a literatura se origina da vida, do cotidiano, da história, do imaginário e se transforma numa poderosa ferramenta lúdica e crítica, que nos torna mais conscientes e melhores como sujeitos?”.

Marcia Tiburi estudou Artes e Filosofia e é ex-apresentadora do programa “Saia Justa”, do GNT.  Autora de ensaios filosóficos, como “Filosofia Comum” e “Como Conversar com um Fascista”, está lançando seu quinto romance, “Uma Fuga Perfeita É Sem Volta”.

Escritora, professora e crítica literária, Noemi Jaffe é colaboradora do jornal “Folha de S. Paulo” e autora de “O Que os Cegos Estão Sonhando”, “Livro dos Começos” e “Írisz: as Orquídeas”, entre outros títulos.

Reynaldo Bessa

Também na quinta-feira, 27 de outubro, às 15h, o autor Reynaldo Bessa participa de um pocket show e um bate-papo, na Varanda Cultural. Já na sexta-feira, Bessa comanda uma oficina de Escrita Criativa, às 14h, na Sala de Oficinas.

Cantor, compositor, violinista, escritor e poeta, Reynaldo Bessa tem contos, crônicas e poemas publicados em revistas, jornais, suplementos literários pelo Brasil e exterior. É autor de livros como “Algarobas Urbanas”, finalista do Prêmio Sesc de Literatura, em 2010; e “Outros Barulhos – Poemas”, ganhador Prêmio Jabuti, em 2009, na categoria Poesia.

Luciana Crepaldi

Na sexta-feira, 28 de outubro, às 18h, no Espaço do Escritor do Galpão das Livrarias, a autora Luciana Crepaldi participa do lançamento do romance “A Queda da Manga”, premiado pelo Concurso Nelson Seixas de Fomento à Cultura, de São José do Rio Preto.

Cadão Volpato

Também sexta-feira, 28 de outubro, romance, conto, arte, memória, cultura, música e elementos biográficos se misturam no caldeirão inventivo de Cadão Volpato. Às 19h30, no auditório externo do Parque da Cultura, o autor comanda um bate-papo sobre literatura, memória e música. Volpato também fala sobre seus dois novos livros, “Os Discos do Crepúsculo” e “À Sombra dos Viadutos em Flor”, que serão apresentados com exclusividade no FLIV.

Cadão Volpato é jornalista, músico, ilustrador e escritor. Foi apresentador do programa “Metrópolis”, da TV Cultura, e foi um dos criadores da banda paulistana Fellini, um dos mais importantes grupos musicais brasileiros dos anos 80. Cadão é autor do romance “Pessoas que Passam pelos Sonhos”, entre outros títulos.

Fabíola Rodrigues

No sábado, 29 de outubro, às 15h, no Espaço do Escritor do Galpão das Livrarias, a autora votuporanguense Fabíola Rodrigues aborda o tema “Memórias de Viajante: o lugar do afeto na escrita poética”, num bate-papo mediado pelo jornalista Harlen Félix.

Socióloga, mestre e doutora em Demografia, Fabíola atua na gestão pública do patrimônio cultural em Campinas (SP). Às 16, a autora, que já residiu em países como Guiné-Conakry e Moçambique, também lança o livro “Cartas náuticas das desimportâncias”, publicado pela editora 7Letras.

Lourenço Mutarelli, Fábio Moon e Gabriel Bá

Também no sábado, 29 de outubro, às 20h, Lourenço Mutarelli, Fábio Moon e Gabriel Bá participam de um bate-papo sobre quadrinhos, literatura e cinema, no auditório externo do Parque da Cultura. Três grandes criadores de histórias em quadrinhos no Brasil, os autores conversam sobre as relações entre ilustração e literatura, processo criativo, adaptação de grandes obras e cinema.

Lourenço Mutarelli é escritor, ilustrador, criador de história em quadrinhos e ator. Mutarelli é autor de novelas gráficas, contos e romances, como “Diomedes”, “O Cheiro do Ralo”, “O grifo de Abdera” e “Sketchbooks”, entre outros títulos.

Os irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá ganharam, em 2016, o prêmio Harvey Awards, nos Estados Unidos, pela adaptação para quadrinhos do romance “Dois Irmãos”, de Milton Hatoum. Os dois também são autores de “Daytripper” e da série “10 pãezinhos”.

O festival

Neste ano, o FLIV se firma como o maior evento multicultural gratuito do Estado de São Paulo, com mais de 160 atividades, divididas em nove dias de programação, contabilizando cerca de 125 horas gratuitas de promoção à cultura. O evento ocupará uma área de 105 mil m², com mais de 10 ambientes abertos ao público.

Entre as principais atrações musicais deste ano, estão as apresentações da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, e de grupos musicais como Pato Fu e Funk Como Le Gusta.

Tendo como um dos principais objetivos o incentivo à leitura junto ao público infanto-juvenil, o FLIV contará também com sessões de contação de histórias, espetáculos teatrais, vendas livros, entre outras atrações.

FLIV 2016 – O FLIV é realizado pelo Ministério da Cultura, Instituto Comuna, Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado com patrocínios oficiais da Guaraná Antarctica e Elektro pela Lei de Incentivo à Cultura e Proac/SP – Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo. E os apoiadores Grupo HSA, Senac, Abaçaí Organização Social de Cultura, Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura; Projeto Ademar Guerra; OC Oficinas Culturais, Apaa – Associação Paulista dos Amigos da Arte; Sesc 70 anos; Unifev; Facchini; Museu Casa de Cora Coralina; Media Lab/UFG e Sesi/SP. Promoção, TV TEM. Mais informações pelo www.flivotuporanga.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password