Flamengo surpreende líder Cruzeiro, aplica 3 a 0 e se distancia da “confusão”

O Flamengo continua se recuperando no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na tarde deste domingo, no Maracanã, a equipe rubro-negra não tomou conhecimento da força do líder e derrotou o Cruzeiro, por 3 a 0. Os gols foram marcados por Dedé (contra), Canteros e Gabriel. O resultado positivo fez a equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo se afastar cada vez mais da zona do rebaixamento.

Com a vitória, a representação da Gávea chegou aos 37 pontos ganhos e agora ocupa a décima posição. A Raposa, que sofreu a segunda derrota consecutiva, segue com 56 pontos ganhos, porém, mantém o primeiro lugar, ainda que ameaçado.

Os cariocas mereceram a vitória por terem se mostrado mais objetivos durante os 90 minutos, ao passo que a equipe mineira mostrou uma defesa insegura, que facilitou a tarefa do adversário nos lances que definiram a partida.

Antes da partida, o ex-goleiro Raul Plasmann, que defendeu com destaque os dois clubes, foi homenageado por ter completado 70 anos. E os jogadores das duas equipes entraram em campo de camisa amarela, marca registrada de Raul.

Na próxima rodada, o Flamengo vai encarar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada. Por sua vez, o Cruzeiro vai visitar o Vitória, no Barradão.

Divulgação/Flaimagem/Flamengo

As equipes homenagearam o ídolo Raul Plasmann, trajando o uniforme de goleiro (Foto: Gilvan de Souza)

O jogo 

 

Empurrado pela torcida, o Flamengo começou a partida tentando controlar as ações. Os jogadores rubro-negros marcavam a saída de bola do Cruzeiro e dificultavam o toque de bola da equipe mineira. Só aos cinco minutos é que o Cruzeiro chegou na área carioca. Após cruzamento de Marquinhos, a bola foi rebatida pela zaga e acabou com Dedé que mandou a bomba, por cima do travessão.

Aos dez minutos, a equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo criou a primeira chance real de gol. Everton investiu pela esquerda e cruzou para Alecsandro que, de peito, ajeitou para Canteros, que concluiu com muito perigo.

Aos 14 minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. Márcio Araújo lançou Alecsandro nas costas de Egídio. O atacante cruzou para a pequena área e, na tentativa de afastar o perigo, o zagueiro Dedé acabou colocando a bola nas redes de Fábio, que tinha saído para fazer a defesa.

Divulgação/Flaimagem/Flamengo

Alecsandro cruzou da ponta direita e viu Dedé, contra, inaugurar o placar no Maracanã (Foto: Gilvan de Souza)

Depois de estabelecer a vantagem, o Flamengo passou a adotar uma postura mais cautelosa, tentando atrair o time mineiro para seu campo para aproveitar os espaços. Aos 21 minutos, Manoel vacilou e perdeu a bola para Everton que lançou Márcio Araújo. O cruzamento encontrou Eduardo da Silva que cabeceou para fora. Logo depois, o zagueiro Wallace, lesionado, pediu para sair e Chicão entrou na zaga rubro-negra.

O Cruzeiro encontrava dificuldades para penetrar na defesa da equipe carioca e seus jogadores mostravam irritação com as marcações do árbitro Francisco Carlos do Nascimento.

Aos 27 minutos, após cobrança de escanteio, Marcelo Moreno tenta a bicicleta, mas a bola sai sem levar perigo. A resposta do Flamengo veio em chute violento do estreante Anderson Pico. O lateral chutou forte e assustou o goleiro Fábio.

Aos 31 minutos, o Cruzeiro voltou a desperdiçar a chance de marcar o gol do empate. Após levantamento na área, Henrique ajeitou de cabeça, para Marcelo Moreno que, sem marcação, cabeceou para fora. O time mineiro levava vantagem no jogo aéreo e Dedé teve a chance de marcar o gol do empate, ao cabecear com perigo, depois de subir sem marcação.

A partida ficou tensa por causa do excesso de faltas e desentendimentos entre os jogadores e até o final do primeiro tempo, ninguém conseguiu mais criar jogadas de perigo.

O Flamengo voltou para o segundo tempo com uma modificação no ataque. Vanderlei Luxemburgo colocou Gabriel no lugar de Eduardo da Silva que teve uma atuação apagada. Marcelo Oliveira, por sua vez, trocou o volante Nilton pelo atacante Willian.

A mudança fez o Cruzeiro voltar muito mais agressivo e,nos primeiros quatro minutos. A equipe mineira perdeu duas chances para marcar, ambas com Marcelo Moreno, muito impreciso nas finalizações.

Aos 11 minutos, o Flamengo ampliou depois de nova falha da defesa mineira. Manoel e o goleiro Fábio se atrapalharam e foram surpreendidos pela entrada de Canteros, que roubou a bola e tocou para o gol vazio.

Divulgação/Flaimagem/Flamengo

Canteros aproveitou falha na comunicação entre Manoel e Fábio para balançar a rede (Foto: Gilvan de Souza)

Empolgado, o time da Gávea marcou o terceiro gol aos 16 minutos. Alecsandro recebeu pela direita e cruzou para a entrada fulminante de Gabriel que bateu sem dar qualquer chance de defesa para Fábio. Depois de sofrer o terceiro gol, o Cruzeiro perdeu qualquer possibilidade de tentar a reação.

 

Desanimada, a equipe dirigida por Marcelo Oliveira apenas tentava evitar que o placar se transformasse em goleada. Com a vitória garantida, o Flamengo passou a prender a bola para fazer o tempo passar, ao passo que a torcida gritava “olé” e fazia muita festa no Maracanã.

Divulgação/Flaimagem/Flamengo

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password