Filho de pioneiro visita obelisco

Maurício Pazini Brandão esteve em Votuporanga na Praça Dr. Fernando Costa e conheceu o monumento que consta o nome de seu pai

Voltando às origens, Maurício Pazini Brandão esteve em Votuporanga nesta sexta-feira (23/1) para conhecer o obelisco de homenagem aos pioneiros. À convite do secretário de Desenvolvimento Econômico de Votuporanga, Diogo Mendes Vicentini, e do assessor Jorge Xavier, Maurício viu o nome do seu pai – Marcelino Brandão – eternizado.

Marcelino Brandão escreveu o livro Respingos da Alvorada, primeira obra editada em Votuporanga e contribuiu diretamente para o desenvolvimento do município. Maurício trouxe a Votuporanga a capa da obra do seu pai, exemplar único na Biblioteca Castro Alves.

Maurício Brandão é brigadeiro da reserva, engenheiro e professor do Instituto Tecnológico de Areonáutica (ITA) de São José dos Campos.

O monumento foi inaugurado no aniversário da cidade, dia 08 de agosto de 2014. O projeto original, que ficou guardado por anos no Museu Municipal, é do pintor Renzo Fogaro que apresentou ao então prefeito Hernani de Mattos Nabuco, nos anos 60. O prefeito Junior Marão decidiu resgatar o projeto com algumas alterações e aproveitou a ocasião para homenagear os fundadores do município.

Desde então, uma comissão foi montada pelo prefeito, através da portaria n° 16209 do dia 13 de julho de 2011, para elaborar o Projeto Marco Zero – Reconhecimento aos pioneiros. Os membros se reuniram diversas vezes com objetivo de levantar os nomes de todos os pioneiros que foram gravados na placa de homenagem.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password