Fernandópolis se prepara para confronto decisivo

Águia tem semana de treinos para “final” de domingo, contra o Vocem, em confronto direto valendo classificação à próxima fase

Fernandópolis e Inter de Bebedouro chegaram à última rodada da primeira fase da Segundona Paulista (quarta divisão) dependendo só de suas forças para garantirem vagas na segunda fase. O América, derrotado pelo Fefecê na sexta-­feira por 2 a 0 não tem mais chances de classificação e se despede no domingo, às 10h, no estádio Teixeirão, em Rio Preto, diante do Assisense, terceiro colocado e que já está com o passaporte carimbado em razão de ter 30 pontos e nove vitórias no Grupo 1.

O time fernandopolense, comandado pelo técnico Betão Alcântara, terá um confronto direto pela vaga contra o Vocem, em Assis. Com 29 pontos, precisa ganhar do adversário que soma 30 e é o último da zona de classificação. A equipe de Assis joga pelo empate. As outras três vagas da chave já estão definidas para Noroeste, que ganhou do Osvaldo Cruz por 5 a 0, Grêmio Prudente, que mandou 5 a 2 no José Bonifácio, e Assisense. Outro resultado de time da região, apenas cumprindo tabela, foi o 2 a 2 entre Tanabi e Bandeirante.

O time de Birigui só teve 11 jogadores relacionados para partida. Pelo Grupo 2, a Inter de Bebedouro derrotou o Palmeirinha por 3 a 1, em Porto Ferreira, e assumiu a vice-­liderança, com 32 pontos. A Inter recebe o Olé Brasil, quarto colocado com um ponto a menos, na rodada decisiva, domingo, às 10 horas, no estádio Sócrates Stamato, em Bebedouro, precisando vencer para não depender de outros resultados. O líder e já classificado Olímpia fez 3 a 0 no Desportivo Brasil, em Porto Feliz. Lemense, São Carlos e Elosport, além do Olé Brasil, de Ribeirão Preto, somam 31 pontos e podem superar a Inter se vencerem na rodada final.

Treino

O grupo do Fernandópolis retornou aos treinamentos na manha da última terça-­feira (11) e deu continuidade aos preparativos para o jogo contra o Vocem, a ser realizado neste domingo, 16/08. Betão Alcântara comandou um treino de posicionamento e, em seguida, elaborou um coletivo dividindo os jogadores em duas equipes. Por fim, Betão exigiu qualidade nas arrancadas e finalizações de boa parte do elenco. Da Redação/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password