Fernandópolis: Expô e boate não conseguem alvará do Bombeiro e festa acontece em situação irregular

Da Redação

O comando do Corpo de Bombeiros de Fernandópolis negou a expedição dos alvarás de funcionamento para a Expô Fernandópolis e para a Boate dentro do recinto. Foram encontradas diversas irregularidades, principalmente no funcionamento dos hidrantes. Alguns equipamentos e uma das bombas não funcionaram adequadamente.
A informação foi confirmada por volta das 20h30 pela equipe de vistoria. A reportagem do RN esteve na sede do Corpo de Bombeiros para colher mais detalhes sobre a não expedição dos alvarás de funcionamento. Um dos PMs disse que ainda há necessidade de várias adequações, mas que não iriam comentar sobre o assunto por ser um fato desgastante. A sede do comando também foi informada sobre a posição ocorrida dentro do Recinto de Exposições Percy Waldir Semeghini.

Sem o alvará de funcionamento a Policia Militar, por meio do patrulhamento, fica impedida de fornecer qualquer tipo de segurança dentro da Expô. Uma norma da Secretaria de Segurança Pública veta a participação de PMs em eventos que não tenham alvará dos bombeiros. A Polícia Militar já foi notificada da falta de alvará.

A realização da festa sem os documento será de inteira responsabilidade da Comissão Organizadora formada pelo presidente, Renato Colombano, e da prefeita de Fernandópolis, Ana Maria Matoso Bim. Qualquer tipo de acidente, morte ou delitos, a responsabilidade recai sobre os organizadores.

A festa também perde o alvará que autoriza a entrada de menores dentro do recinto, já que não há segurança em caso de incêndio ou qualquer outro tipo de incidente. A segurança é de inteira responsabilidade da Prefeitura por meio dos agentes contratados.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password