Explosão leva à interdição parcial de hipermercado

A ação de uma quadrilha que invadiu o hipermercado Carrefour na marginal da rodovia Washington Luís (SP-310), em Rio Preto, na manhã do último domingo, 23, e explodiu três caixas eletrônicos, provocou a interdição parcial do prédio.

De acordo com a Defesa Civil, oito pilares de uma área de cerca de 100 m² foram danificados, comprometendo parcialmente a estrutura. Estão interditados o saguão onde estavam instaladas as máquinas, dois banheiros e um restaurante da área de alimentação.

O local deve passar por obras para voltar a funcionar. O prazo dado pelo órgão é de 30 dias, que pode ser prorrogado. O coronel Pedro Ivano Rodrigues Filho, coordenador da Defesa Civil, informa que a avaliação classificou como grau de risco médio. “A estrutura do prédio é modular, portanto somente a área atingida foi prejudicada, não há o risco de desabamento em razão da construção ser feita em módulos”, afirmou.

Cinco bandidos chegaram em dois carros – um deles, Ford Fusion – e invadiram o estabelecimento armados e encapuzados. Eles renderam pelo menos 10 funcionários e utilizaram dinamite para explodir os terminais. Com o impacto da explosão parte do teto desabou.

O valor roubado não foi informado por nenhum dos bancos aos quais os equipamentos pertenciam – Itaú, Banco do Brasil e Santander. Só o terminal do Banco do Brasil continha cerca de R$ 162 mil, segundo um representante da empresa de segurança Prosegur. O funcionário informou no boletim de ocorrência que representava a agência responsável pelo abastecimento do Santander e do Banco do Brasil. O único caixa que ficou intacto foi o do Bradesco.

Câmeras flagraram criminosos fugindo

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password