Ex-prefeito morre na UTI da Santa Casa de Fernandópolis

FERNANDÓPOLIS – Faleceu ontem, às 6:55 horas, na Santa Casa de Misericórdia de Fernandópolis, o ex-prefeito de Santa Fé Étore Botura
De acordo com sua filha, Maria Carolina Bottura, Bottuta, seu pai apresentou um quadro grave de pneumonia.

No último sábado, devido ao fato de seus rins não estarem funcionando normalmente e Santa Fé não possuir recursos para a hemodiálise, o ele foi transferido para aquele hospital.

Porém, como não estava correspondendo as medicações, ainda segundo a filha, os médicos acharam que o tratamento para remover as toxinas e o excesso de água do seu organismo seria muito agressivo.

Botura nasceu em Itajobi, próximo a Catanduva, onde seu pai possuía uma fazenda. Anos depois, com a venda das terras, a família se mudou para Guararapes, e, como o boom do mercado de arroz, o pai montou uma máquina de arroz em Andradina e Bottura passou então a gerenciar a empresa.

Quatro anos após ter se casado, já com os dois filhos, Maria Carolina e Éttore José Bottura, seo Éttore veio para Santa Fé, sendo o proprietário de uma beneficiadora de arroz.

Ele foi vereador de Santa Fé por alguns mandatos, presidente da Câmara Municipal e prefeito da cidade de 67 a 70.
Deixa a esposa, Aracy Vitória Trentim Bottura, dois filhos, dois netos e três bisnetos.

Seu corpo está sendo velado na Câmara Municipal de Santa Fé do Sul e será sepultado amanhã, às 9:00 horas, no Cemitério São João Batista II.

O Jornal

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password