Ex-namorado de Cintia é investigado por morte da jovem

JALES – O Delegado Sebastião Biazi está presidindo o inquérito para apurar as causas da morte de Cintia Taynara, de 19 anos que se acidentou no trânsito na madrugada de domingo.

A grande repercussão da morte de Cintia se deu por conta da participação do seu ex-namorado, BF, que conduzia o seu veículo pela Avenida “João Amadeu” no sentido bairro/centro, quando Cintia teria adentrado a frente do carro.

Biazi disse que as imagens captadas por câmeras instaladas próximo do local acidente revelaram que Cintia tentou interceptar o carro do seu ex-namorado jogando sua motocicleta na frente do carro.

Cintia trafegava no sentido centro/bairro. O Acidente aconteceu no cruzamento das avenidas “João Amadeu” com a Avenida “Juscelino Kubitschek de Oliveira”, próximo a um posto de combustíveis.

Em depoimento a Policia, B.F. confirmou que teve um relacionamento com Cintia Taynara, mas que havia rompido o namoro há alguns dias. Na noite do acidente, B.F. estava com um amigo e mais duas amigas e que passou a ser perseguido por Cintia em sua motocicleta e após conseguir despistá-la, deixou os amigos em suas casas e quando retornava para sua residência, Cintia e B.F. tiveram uma discussão no trânsito com os veículos em movimento, e que sua ex-namorada desferiu alguns golpes de capacetes no seu carro.

Durante a discussão ela tentou interceptar o veiculo de BF, perdeu o controle, caiu da motocicleta e bateu com a cabeça no solo, ela já estava sem capacete na queda, segundo Biazi. BF disse ao delegado que parou o carro em um posto de gasolina das proximidades e voltou ao local do acidente para prestar socorro.

A vítima apresentou traumatismo craniano e fraturas de costelas e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiro e ficou internada na Santa Casa de Jales e veio a óbito por volta das 8h00m de domingo.

B.F. está sendo investigado por homicídio culposo na direção de veículo automotor, quando não há a intenção de matar. Biazi confirmou que o motorista e ex-namorado de Cintia não possui Carteira Nacional de Habilitação o que pode agravar na investigação da culpabilidade ou não do acidente que vitimou Cintia Taynara que foi sepultada nesta segunda feira em Jales.

O Delegado Sebastião Biazi, está neste momento ouvindo testemunhas do acidente. O Delegado descartou que o rapaz teria feito manobra em marcha ré sobre o corpo da vítima. “As imagens das câmeras não mostraram tal manobra”, disse Biazi ao Informamais na tarde desta terça feira (19).

A Polícia Cientifica deverá apresentar laudos dentro de 30 dias para apontar as circunstâncias do acidente e a causa da morte da jovem de 19 anos.

InformaMais

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password