Estuprador amigo da família da vítima vai ficar preso

A Justiça de Votuporanga negou hoje (11) liberdade a um homem preso por estupro de vulnerável após ser flagrado praticando ato libidinoso com um menino de 11 anos de idade.

Segundo o processo, o acusado é amigo da família da vítima e estava no quarto da criança quando foi flagrado ao agarrar o menino pela cintura e puxá-lo, esfregando o pênis nas nádegas do menino.

O juiz considerou a gravidade do crime, com pena mínima de 8 anos de prisão, além de maus antecedentes criminais do acusado, por isso negou a liberdade e transformou a prisão temporária em preventiva (sem prazo).

0 Comentários

Deixe um Comentário

três × 4 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password