Espetáculo ORBIT vai ser apresentado amanhã

Em outubro, a turnê será no norte da França no Festival Vortex, começando por Paris, Rennes e Combourg

ORBIT, um espetáculo de Dança Urbana, também chamada de Dança de Rua ou Street Dance, do artista Ticko Bboy Brasil, promete chamar a atenção do público para passos inovadores. A apresentação na cidade será amanhã, às 20h, gratuitamente, no Centro de Convenções. No mesmo dia, Maykol Cruz faz o espetáculo “Espelho”.

Em outubro, a turnê será no norte da França no Festival Vortex, começando por Paris, Rennes e Combourg, com a Virtual Companhia de Dança, de São José do Rio Preto. A obra é permeada de elementos subjetivos, efeitos visuais, luzes de neon, lasers e ações simultâneas que constroem um diálogo visual.

De acordo com Ticko Bboy Brasil, o processo de montagem durou 18 meses entre concepção, pesquisas e ensaios. “Estre trabalho foi inspirado em shows que utilizam o escuro total como ambiente de trabalho, a iluminação do ORBIT é próxima de zero. Viagens nacionais e internacionais no meu espetáculo de 2013, o Hip Hop na Mala, me deram um norte muito amplo, porque assisti muitas obras boas e elas me deram base para criar, posteriormente, não executei todas, mas imaginei bastante. Alguém me disse que sucesso está em ser assistido, mas na verdade é ao contrário, se você assiste você é público. Sendo público, você aprende e imagina enquanto assiste, mas se pensar ao contrário sua capacidade de criação se torna curta”, ressaltou Ticko Bboy Brasil.

O autor destacou ainda que a ideia de elaborar um personagem foi para mudar o convencional. “Não há muitos espetáculos de Hip Hop e a linha artística vem do final dos anos 70, poucos estão produzindo coisas novas”, explicou.

A apresentação é solo, mas Ticko contou com diversas ajudas. Ele juntou fragmentos de outras artes que vivenciou e dividiu com um amigo, diretor artístico e produtor cultural, Marcelo Zamora. “Nas mãos dele tudo cria forma, as coisas foram tendo sentido aos poucos e ficando claras na minha cabeça, tudo levou tempo e isso foi respeitado”, destacou.

O figurino é trabalho do talentoso artista plástico Maurício Fuscaldo. “Ninguém imagina do que ele é capaz, eu dei o conceito ao Zamora e luzer para o Maurício, eles me entregaram o ORBIT”, disse.

O espetáculo não possui ajuda ou prêmio, é uma iniciativa artística pessoal de investimento para 2015. Ele concorre a editais dos governos federal e estadual, mas sem previsão da apresentação dos resultados. Leidiane Sabino/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password