Espetáculo “O casamento da Baratinha” promete encantar público

Atração faz parte do Circuito Cultural Paulista e será apresentada gratuitamente no Centro de Convenções, a partir das 20h30

Um espetáculo lúdico, que encanta crianças e pais. A peça teatral “O casamento da Baratinha” será apresentada na próxima quinta, dia 13, pela Cia. Stromboli, no Centro de Convenções Jornalista Nelson Camargo, a partir das 20h30. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados uma hora antes.

“O casamento da Baratinha”, de José Rubens Siqueira, conta a história de uma Baratinha que quer casar. Para encontrar o marido ideal, investiga diversos bichos: jacaré, sapo, carneiro, macaco e rato.

A Baratinha tem como conselheira uma coruja, com quem discute aspectos de sua própria identidade. O espetáculo tem letras clássicas como “O Sapo não lava o pé” e “Quem quer casar com a senhora Baratinha”, entre outras, cantadas ao vivo pelos atores. A manipulação dos bonecos é feita por João Grembecki e Affonso Lobo.

“O casamento da Baratinha” é particularmente dirigido a crianças que ingressaram na vida escolar, e estão começando “a conhecer outras crianças e o mundo fora da casa dos pais, e aprendem que nem sempre o outro combinará com ela e que essas diferenças não devem ser discriminadas”, diz João Grembecki, idealizador do espetáculo.

Mas os pequenos, conta ele, também costumam se encantar com as marionetes coloridas, as músicas cantadas ao vivo e o cenário feito de jornal, sacos de lixo e papelão. E, “muitas vezes, os pais chegam a se emocionar mais do que as crianças”, afirma. Por tratar da questão do casamento, da parceria, o espetáculo comove, segundo ele, também os adultos.

A atração faz parte do Circuito Cultural Paulista, que é uma iniciativa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, por meio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Votuporanga.

Sobre a Cia

A Cia. Stromboli foi criada em 1996 para estudo e desenvolvimento do teatro de animação. Tem como meta pesquisar e difundir a arte do teatro de bonecos. Contemplada com o Prêmio Flavio Rangel, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura, a Cia readaptou o espetáculo em 2006, com o apoio do ProAC, com montagem que contém técnicas de marionetes, através dos bonecos com fios, e desde 2008, tem um elenco fixo que estuda e se aperfeiçoa nessa técnica.

 

FICHA TÉCNICA: 

Direção: José Rubens Siqueira

Elenco: Caru Lima, Affonso Lobo e João Grembecki

Técnica de som e luz: Ana Helena

Foto: João Caldas

Duração: 45 minutos

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password