Escola Sesi incentiva a solidariedade e contribui com Santa Casa

Professor Denis Thyago de Oliveira e a aluna Laura Constante entregaram mais uma remessa de doações com alimentos, roupas e fraldas.

A Escola Sesi busca incentivar seus estudantes a trabalhar em equipe, contribuindo para a formação de cidadãos conscientes, críticos e capazes de agir com autonomia e criatividade. Com esse objetivo e vontade de transformar o mundo, o professor de Educação Física, Denis Thyago de Oliveira criou a campanha PAN Saúde, estimulando os alunos a envolverem-se em ações de voluntariado.

O campeonato é diferenciado. Os estudantes do primeiro ano do Ensino Fundamental até terceiro do Ensino Médio participam da competição. Cada turma se transforma em um país que integra os Pan-Americanos para disputar o título do mais solidário. Quem ganha neste torneio? Os pacientes da Santa Casa de Votuporanga.

Desde o começo de 2019, a Escola faz doações para o Hospital. Cada item de necessidade da Instituição vale uma quantidade de pontos, que são revertidos para o time. Entre as solicitações estão produtos de limpeza, alimentos, higiene, material de consumo e etc.

Nesta semana, Denis esteve na Santa Casa para mais uma entrega. Foram 20 quilos de alimentos, 84 fraldas geriátricas e centenas de peças de roupas destinadas para o Hospital, único que atende o Sistema Único de Saúde (SUS). “Estamos na reta final do PAN Saúde, que se encerra em outubro. Tivemos grandes surpresas com relação ao comprometimento das turmas. Além da lista de produtos que indiquei, muitos alunos foram além, dispostos a contribuir com muito mais sejam fraldas, roupas e até mesmo cadeiras de rodas”, contou.

Para o professor, o objetivo é cumprido. “Queremos que esta solidariedade não se perca. Em edições anteriores, quando beneficiamos outras entidades, boas iniciativas permaneceram. Muitos estudantes se tornaram voluntários das instituições, defendendo causas sociais. Isso é muito válido”, complementou.

A embaixadora do Esporte e aluna do 1º ano do Ensino Médio, Laura Constante, apoiou o projeto. “Faz a gente abraçar uma causa. Não esperávamos uma ação destas, mas mudou a rotina escolar. A gente precisa olhar para o próximo e fazer a diferença. Eu busco me envolver nas atividades”, disse.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, agradeceu a iniciativa. “Não temos palavras para agradecer todo empenho dos alunos e do professor Denis. Este projeto agrega valor, transforma vidas e, com certeza, levantará novos médicos, enfermeiros, colaboradores e até mesmo voluntários para nosso Hospital. Estes jovens, desde cedo, estão demonstrando cidadania e amor ao próximo, nos auxiliando a salvar vidas. Nosso muito obrigado”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

onze + 20 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password