‘Era grudado com o pai’, diz irmão de jovem que viu mãe matar ex-marido

Menino de 12 anos presenciou mãe atirando no pai, em Rio Preto (SP). Polícia investiga o caso e procura a mulher e o atual namorado dela.

O menino de 12 anos que viu a mãe matar o pai durante uma discussão em São José do Rio Preto (SP), no fim de semana, está sendo cuidado pelo irmão mais velho, Diego Aparecido de Souza, de 27 anos. Segundo Diego, o adolescente está arrasado com o que aconteceu e por ter visto a cena. “Ele está abalado, só chora e não tem cabeça para ir à escola. Ele vai passar por psicólogo porque era muito grudado com meu pai, eles até iam pescar no fim de semana”, afirma o irmão.

Como o pai, Laércio de Souza, de 48 anos, morreu e a mãe está foragida, o menino está com o irmão mais velho, que irá tentar a guarda definitiva dele. Diego é irmão do jovem apenas por parte de pai. Segundo ele, o garoto está com medo de ficar com a família da mãe. “Eu quero ficar com ele, porque pelo que senti, ele não quer ficar com mais ninguém da família, ele ficou com medo da mãe e não quer ficar com os avós maternos”, diz.

Diego afirma que sabia das discussões entre o pai e a ex-mulher, mas não esperava que a situação chegaria a este ponto. Ele diz que agora espera Justiça pelo o que aconteceu. “Acho que nunca vou sofrer quanto estou sofrendo agora. A gente vê na televisão que o pai matou a mãe, e esse tipo de violência, mas nunca acha que vai acontecer na sua família. Mas quando acontece é uma situação terrível”, diz.

A polícia investiga o caso e a mulher, além do atual namorado dela, estão foragidos e são procurados pelos policiais. “O boletim de ocorrência foi elaborado como homicídio qualificado, por motivo fútil, e se não houver nada que mude a história dos fatos, será exatamente isso”, diz o delegado Renato Pupo, que investiga o caso.

O caso
Uma briga de casal acabou com a morte de um homem, de 48 anos, na sexta-feira (15) no bairro Jardim Primavera, em São José do Rio Preto (SP). Segundo a polícia, uma mulher de 34 anos matou o ex-marido a tiros próximo a transportadora em que ele trabalhava. Imagens do circuito de segurança divulgadas na segunda-feira (18) flagraram o momento em que a mulher mata a tiros o ex-marido durante a briga. Ela fez os disparos na frente do filho (veja vídeo acima).

As imagens foram registradas pelo circuito de segurança da distribuidora em que Laércio de Souza, de 48 anos, trabalhava. O sistema captou o momento em que o namorado da ex-mulher chega de moto e chama Laércio para conversar. Ele e o filho se aproximam e começa uma discussão.

Logo em seguida, a ex-mulher e outro casal chegam ao local em um carro. Nas imagens dá para ver o motociclista pegando algo no carro que, segundo a polícia, seria a arma usada no crime. Os dois, então, vão para uma área fora do alcance da câmera.

Os ocupantes do carro descem e o filho do motorista se aproxima. Depois a ex-mulher corre para o local da briga. De repente a suspeita aparece com a arma na mão e atira contra Laércio, que corre com um pedaço de madeira. Depois de ser atingido, ele cai no chão.

O filho de 12 anos parece transtornado e joga um pedaço de madeira contra a mãe. Depois, contra o namorado dela, que foge de moto. As outras pessoas que estavam no local também entram rapidamente no carro e fogem. As imagens já estão com a polícia e vão ajudar a solucionar o caso. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password