Empresário de Rio Preto é assassinado e irmão fica ferido

O empresário rio-pretense João Antonio Sabino, 48 anos, foi assassinado na noite de anteontem na rodovia Chafic Saab, próximo ao trevo de Elisiário que dá acesso a Ibirá. O irmão dele, Rogério Sabino, 43 anos, que também estava no carro, levou três tiros e permanece internado em estado grave no Hospital Padre Albino, em Catanduva.

 

A polícia ainda não tem pista dos autores do crime, que foi registrado como homicídio, já que aparentemente nada foi roubado – no carro, uma Fiorino, foram encontrados R$ 3 mil, cestas básicas e ainda os documentos pessoais das vítimas.

 
De acordo com o delegado de Ibirá, Luciano Birolli, apesar de o crime ter sido registrado como homicídio, não está descartada a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte). “Ainda não sabemos como o crime aconteceu.

 

Não encontramos nenhuma testemunha que tenha visto a ação. A arma utilizada no crime também não foi encontrada. Precisamos de mais elementos para direcionar as investigações”, afirma o delegado, que requisitou exame necroscópico e perícia.
Típico de execução
O empresário morto foi alvejado com um tiro na cabeça. De acordo com a polícia, o corpo dele foi encontrado fora do veículo, mas bem próximo ao carro. O irmão estava no banco do carona, inconsciente e com três ferimentos de bala na cabeça. “Os tiros caracterizam execução. Ainda vamos investigar o que teria motivado o crime. Na semana que vem vamos convocar os familiares para termos mais pistas”, afirma o delegado.

 
O cunhado de João Antonio, Claudinei Sabino de Lima, 35 anos, falou com a reportagem durante o velório. “Não tenho como saber, mas ele não tinha inimigos. Provavelmente, os bandidos tentaram assaltar, mas acabaram matando meu cunhado. Estamos chocados com o que aconteceu.”

 
Ainda segundo o cunhado, as vítimas viajavam a trabalho. Os irmãos eram sócios em uma revenda de automóveis em Rio Preto e em uma empresa de cestas básicas. “O João foi ajudar o irmão a entregar cestas que haviam sido encomendadas. Eles já estavam voltando quando o crime aconteceu.” O empresário morto deixa a esposa e um filho de 17 anos. Ele foi enterrado ontem no cemitério Jardim da Paz, em Rio Preto.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password