Emoção marca despedida de capitão e tenente dos bombeiros

Muita tristeza e emoção marcaram o velório e enterro do capitão do Corpo de Bombeiros de Araçatuba, Márcio Sunao Fujikura, 41 anos, e do tenente Marco Antônio Catena de Andrade, 32, na manhã deste sábado (22). Eles morreram na madrugada anterior, após a caminhonete em que estavam bater na traseira de um caminhão na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Agudos.

Os corpos foram velados na sede do CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior), no bairro Aviação, e deixaram o local por volta das 8h30. O corpo de Andrade seguiu em uma viatura da empresa funerária para Promissão, onde seria velado até as 11h, quando aconteceria o enterro.

Já o do capitão Fujikura seguiu até o cemitério da Saudade em um caminhão do Corpo de Bombeiros. No local, foram prestadas as honrarias militares, houve a bênção por um padre e o caixão desceu à sepultura sob a marcha fúnebre executada com trompete por um policial militar.

As homenagens foram acompanhadas pelo comandante do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo, o coronel Rogério Bernardes Duarte, e pelo comandante geral da Polícia Militar de São Paulo, coronel Ricardo Gambaroni.

Foi ele que entregou a bandeira do Brasil e um cap da Polícia Militar que cobriram o caixão à viúva do capitão Fujikura, Talita Fernanda do Nascimento Fujikura, que estava inconsolável.

Após o enterro do capitão, os oficiais seguiram para Promissão, onde as mesmas honrarias militares foram prestadas ao tenente Catena. Folha da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password