Em situação complicada, Santos perde por 3 a 0 do Náutico no Recife

torcida do Santos já se acostumou a ver golaços marcados em jogadas individuais de seu craque, Neymar. Neste domingo, no entanto, sem seu principal jogador em campo, a torcida teve que ver Kim fazer fila desde o campo defensivo e marcar um golaço na vitória por 3 a 0 do Náutico sobre a equipe santista neste sábado.

Além de Kim, o estreante lateral direito Patric abriu o placar e Kieza completou a vitória sobre o desfalcado e apático Santos que encerrou uma sequência de três derrotas seguidas da equipe pernambucana.

O resultado positivo nos Aflitos deixa o Náutico em situação mais tranquila no CampeonatoBrasileiro. A equipe agora ocupa a 11ª posição com 16 pontos, a quatro de distância da zona de rebaixamento. Já o Santos continua em situação complicada, ficando com 13 pontos na 16ª do Campeonato Brasileiro.

Pela 15ª rodada, a equipe pernambucana tenta consolidar uma reação no Campeonato Brasileiro fora de casa contra o Inter, na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília). Já o Peixe busca a recuperação atuando contra o Cruzeiro em casa também na quarta-feira, mas às 21h50 (de Brasília).

O jogo – O Náutico já começou se impondo sobre o Santos, com Aranha sendo exigido aos 11 minutos, quando foi defendeu finalização à queima-roupa de Elicarlos em sobra de bola na área após cobrança de escanteio.

O Timbu chegou a balançar as redes no minuto seguinte, com Araújo recebendo passe em profundidade pela esquerda da área e batendo forte para o gol, mas o tento foi corretamente anulado por posição irregular do atacante.

Um erro na saída de bola santista permitiu que Souza dominasse sozinho na área aos 20 minutos. Na frente de Aranha, o meio-campista tentou o toque por cobertura e acabou mandando a bola por cima do gol.

O alvirrubro dominava o jogo e só não abriu o placar ainda no primeiro tempo por mais uma boa intervenção de Aranha. Aos 46 minutos, o goleiro cresceu para cima de Kieza para impedir que ao atacante marcasse após receber cruzamento sozinho na pequena área.

 

O gol do Náutico pareceu questão de tempo na primeira etapa, mas acabou chegando apenas na segunda: 13 minutos após o fim do intervalo, Souza lançou Araújo na área. O atacante limpou Bruno Rodrigo e bateu para rebote de Aranha. Na área, Patric não perdoou e mandou para as redes.

Após sofrer o gol, o Santos passou a ficar mais tempo com a bola em busca do empate, mas ainda não conseguia criar boas oportunidades. No final, a falta de criatividade da equipe foi punida pelo Náutico, que chegou ao segundo gol em uma pintura de Kim.

Aos 35 minutos, o atacante, que saiu do banco de reservas durante o segundo tempo, puxou fila desde o campo defensivo para invadir a área e tocar com categoria, tirando a bola do alcance de Aranha.

O Peixe ainda pressionou nos minutos finais do jogo tentando diminuir a desvantagem, conseguindo uma sequência de cobranças de escanteio depois dos 40 minutos, mas acabou sofrendo com o contra-ataque do Náutico, que garantiu o terceiro gol da equipe aos 46 minutos, quando Kieza finalizou cara a cara com Aranha. (gazeta esportiva)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password