Em Rio Preto, GOE prende condenado por estupro da própria filha

Homem era procurado há seis meses pelos policiais por crime cometido em Jaciara, estado do Mato Grosso.

Uma equipe do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) prendeu na manhã desta quinta-feira (2), um pedreiro de 40 anos, condenado a 16 anos e quatro meses de cadeia por ter estuprado a própria filha de 9 anos, em Jacira/MT. Ele foi encontrado e preso em São José do Rio Preto/SP.

Desde setembro do ano passado, os policiais procuravam o pedreiro, que também atuava como pastor em igrejas evangélicas da zona norte de Rio Preto, mas não era encontrado porque mudava constantemente de endereço, segundo o delegado Alexandre Arid.

“Os policiais do GOE procuraram este homem por Guapiaçu, Cedral e Jardim Maria Lúcia, zona Norte de Rio Preto. A prisão dele deu certo nesta quinta-feira, após descobrirmos o ônibus que ele usava para chegar em uma obra em que trabalhava como pedreiro”, diz o delegado.

Ao ser abordado pelos policiais, o pedreiro tentou escapar mentindo o nome, mas não conseguiu convencer os investigadores.

O homem também é investigado por crime sexual cometido contra a filha em Cedral. Um boletim de ocorrência foi registrado em novembro do ano passado, mas ele respondia ao crime em liberdade, porque não tinha sido pego em flagrante.

Após ser ouvido na delegacia Seccional, o homem será encaminhado para carceragem do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Rio Preto.

FONTE: Informações | diariodaregiao.com.br / Marco Antonio dos Santos

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password