Em uma semana, dois homens são presos durante ‘saidinha’

A Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Votuporanga prendeu anteontem na zona norte um homem de 26 anos com 3,5 quilos de maconha, dividida em tijolos e invólucros de tamanho e pesos diversos. O rapaz, conhecido como “Lela”, já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e usufruía da saída temporária. Outro homem foi detido durante a chamada “saidinha” na madrugada de ontem próximo a Guarulhos.

A apreensão de E.R.M., vulgo “Lela”, aconteceu durante a manhã, durante cumprimento do mandado de apreensão domiciliar. Os policiais realizavam buscas pelos cômodos da casa quando a mãe do rapaz, A.N.O.M., 58, tentou se desfazer de uma sacola com as porções de maconha, jogando sobre o muro da residência que dá acesso a uma edícula, na avenida Jerônimo Figueira da Costa, no Pozzobom.

No quarto da mãe do suspeito também foram encontrados, em cima de um guarda- roupas, outra porção de maconha, balança de precisão e rolos de fita adesiva, utilizados para embalar a droga. Além de R$ 210 e um telefone celular. A mãe do rapaz foi encaminhada para a cadeia feminina de General Salgado e ele ficou detido na cadeia de Votuporanga.

As buscas na casa de Lela levaram os policiais a outra prisão. Uma carteira de autorização para saída temporária do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Rio Preto encontrada no local, levou os policiais até a residência de M.L.S., 29, conhecido por “Magno”. O rapaz já possui passagem pela polícia por roubo e homicídio e também usufruía de saída temporária.

Com uma provável associação entre ambos para a comercialização de drogas na cidade, foram realizadas buscas na casa da mãe de “Magno”, onde foram encontrados um revólver calibre 38, munido com cinco cápsulas, duas delas intactas e três deflagradas. Magno também foi detido e encaminhado a cadeia local.

 

Sequestro

Outro beneficiado com a “saidinha” do CPP de Rio Preto foi detido na madrugada de quarta- feira. Jorge Maycon Trindade de Oliveira, 26 anos, é acusado de integrar uma quadrilha que provoca acidentes em rodovias para realizar sequestros relâmpagos.

Oliveira foi detido no quilômetro 225 na rodovia Presidente Prudente, próximo a Guarulhos, após bater no carro de um investigador da 1º Divisão de Investigações sobre Roubos e Furtos (Divecar), que não teve o nome divulgado. O suspeito, que cumpria pena por tráfico desde fevereiro, teve a pena prorrogada. (Colaborou Glaucia Moraes)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password