Eles arriscam a própria vida, para salvar a sua! Dia do Bombeiro

 

 

Dia do Bombeiro é comemorado hoje, em Votuporanga 31 bombeiros atendem a região, que abrange 160 mil pessoas

O Tenente Alex Brito, comandante do posto de bombeiros da cidade cedeu entrevista ao O Jornal

Isabela Jardinetti

de Votuporanga

No dia 02 de julho comemora-se o dia do bombeiro, uma corporação da Defesa Civil que se encontra diretamente ligada à Polícia Militar. A data foi decretada oficial no Brasil no ano de 1954, e hoje já somam cento e cinquenta e dois anos de existência.

O Corpo de Bombeiros de Votuporanga atende a cidade e mais 13 municípios da região, totalizando aproximadamente 160 mil pessoas assistidas. O Tenente Comandante, Alex Brito, respondeu algumas questões sobre os trabalhos realizados no município.

Quais as principais ocorrências que vocês atendem?

As ocorrências que a corporação de Votuporanga atende se divide em permanentes e sazonais. As ocorrências permanentes são acidentes de trânsito com vítimas, que acontecem geralmente nos horários de pico, que é a entrada e saída dos trabalhos, envolvendo principalmente motos. Já as ocorrências sazonais acontecem na época da estiagem com as queimadas e no verão os afogamentos que são constantes na região”.

Para facilitar os atendimentos, o que a população pode fazer ao ligar no 193?

 

Pedimos que a pessoa se identifique, informe com calma o local e o que está acontecendo, pedimos também um número de telefone para confirmar se não é um trote. Se a pessoa manter a calma e seguir as instruções, nosso trabalho pode ser feito cada vez melhor e mais rápido.

 

No período de férias escolares, aumentam os números de trotes?

 

Por incrível que pareça, os trotes que recebemos são realizados nos horários de entrada, saída e recreio das escolas. Mas pelo menos uma vez ao ano acabamos caindo em algum trote maldoso e deslocando nossas viaturas à toa.

 

O que você me diz sobre a parceria feita com o SAMU, que completou dois anos?

 

O SAMU só veio para ajudar, agora posso dizer que o sistema de saúde do município ficou perfeito. Melhorou muito o nosso serviço, está mais fácil ajudar a população, pois o bombeiro é um técnico em salvamento, somado isso ao conhecimento do médico e dos enfermeiros, fecha-se um clico de atendimento ali mesmo no local do acidente.

Agora temos 4 tipos de ambulâncias na cidade, as brancas que servem para o transporte de pacientes, as básicas do SAMU que atendem acidentes menos graves, o resgate do Corpo de Bombeiros que chega nos locais de difícil acesso e a Unidade Avançada do SAMU que já vem com um médico e todos os aparelhos necessários de uma urgência e emergência.

 

Como é trabalhar aqui em Votuporanga?

 

Aqui temos um pessoal muito capacitado, com várias especializações realizadas, todos moradores de Votuporanga, que se precisarmos podemos contar em qualquer momento. Trabalhamos com a jornada de 24 horas diretas por dois dias de folga. Aqui o pessoal é uma família, é uma profissão que só faz o bem, é muito gratificante ser bombeiro.

 

O que diria para alguém que pretende entrar nessa profissão?

 

Se alguém quiser seguir como carreira, diria que ser bombeiro é só fazer o bem, é um trabalho saudável, mas para quem gosta de adrenalina. Não prometo riqueza, mas muita felicidade para quem quiser trabalhar nesta profissão.

 

Colaboração da população

 

“Temos problemas com recursos financeiros sim, a prefeitura investe cerca de 170 mil reais por ano para a manutenção do quartel, gastos com alimentos, concertos de equipamentos, materiais de escritório e outras despesas do dia a dia. Mas isso não é suficiente para comprarmos aparelhos novos e equipamentos modernos que facilitariam ainda mais o nosso trabalho”, comenta o tenente Brito.

Pensando nisso, foi criado um projeto para a contribuição voluntária da população junto ao carne do IPTU. O recurso arrecadado é administrado pela Febom (Fundo Especial de Bombeiro) e destinado a auxiliar a manutenção da unidade local do Corpo de Bombeiros, principalmente para a aquisição de novos e modernos equipamentos. A contribuição voluntária é de R$14,73 para residências; de R$ 34,37 para os imóveis comerciais, de serviços, religiosos ou mistos; e de R$ 54,02 para as indústrias.

Para Brito, na prática, a contribuição melhoraria muito o atendimento dos bombeiros às mais diversas ocorrências. “Esperamos que a população nos ajudem mais este ano, pois recebemos pouquíssimas doações durante o ano passado. Por isso, buscamos alternativas para investir na corporação, esse é o caso de algumas empresas que estão ajudando a reformar o quartel e transformá-lo em um local melhor para o trabalho e treinamento dos nossos bombeiros”.

Doações de incentivo privado

Uma área de 450m² está sendo construída com o apoio da Usina Noble, onde serão nossos novos alojamentos e refeitórios. Ao lado estamos construindo um tanque de mergulho de 6 metros de profundidade com o auxílio da Fachinni, já o frigorífico Marfrig realizou uma cobertura metálica em nosso pátio. E assim, de doação em doação estamos reconstruindo um novo Corpo de Bombeiros, com muito mais comodidade e como um incentivo aos 31 bombeiros que trabalham na corporação.

“Também somos uma das entidades beneficiadas pelo Juizado Especial Criminal de Votuporanga. Lá eles fazem com que as pessoas cumpram penas alternativas, nos doando quantias em dinheiro. Deste modo, conseguimos juntar R$50 mil reais, mais o dinheiro doado pela população no IPTU e um pouco da colaboração da prefeitura e adquirimos três novas viaturas, dois ford fiesta e uma camionete SD”, conclui o tenente. Crédito: Isabela Jardinetti/ O Jornal

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password