ELEIÇÕES 2012: 66 mil votuporanguenses vão às urnas

Eleitores decidem o futuro político da cidade entre Junior Marão, Eva Maria e Silvânio Pirani; mais de 170 candidatos disputam o Legislativo

Cerca de 140 milhões de brasileiros vão às urnas, hoje, para escolher prefeitos e vereadores. Em Votuporanga, 66 mil eleitores decidem o futuro político da cidade entre três candidatos Junior Marão (45); Silvânio Pirani (13); e Eva Maria (65). Mais de 170 candidatos disputam uma das 15 cadeiras do Legislativo.
Em Álvares Florence, Luis Cesar Pereira (DEM) tem como adversário Calimério Luis Correa Sales (PMDB). Em Parisi, a democrata Gina Mara dos Santos Pastreis tenta a reeleição, contra o tucano Oclair Bento e a candidata pelo PSD, Rosinei do Ivo.

 
Em Valentim Gentil, o tucano Adilson Jesus Peres Segura tenta a reeleição numa dobradinha com o PMDB, de Marcos Cesar Pereira do Livramento, pela coligação “Unidos pelo Bem do Povo”. Pelo PP, Rosa Luchi Caldeira e Alexandre Aparecido Ramos encabeçam a chapa “A Vontade do Povo”.

 

Na comarca, 81.145 cidadãos vão decidir quem serão seus governantes para os próximos quatro anos, de 2013 a 2016. Em Votuporanga, são 66.235 eleitores, em Valentim Gentil, 8.969, em Álvares Florence, 3.806, e Parisi, 2.135.

 

Este é momento mais importante da democracia e, depois de eleitos, estes homens devem fazer o melhor por suas cidades.

 

Em Votuporanga, disputam a vaga, o atual prefeito, Nasser Marão Filho (Junior Marão), tendo como vice, Waldecy Bortoloti; Eva Maria Teodoro Ferreira e seu vice, Sebastião Luiz Zuquetti (Tião do Gás); e Silvano Hortêncio Pirani, com Ana Lúcia de Godoi Moura para vice. São 188 candidatos a vereador.

 

Para votar, é preciso dirigir-se à sua seção eleitoral, hoje, das 8 às 17h, munido de um documento oficial com foto e o título eleitoral. Se souber qual é a sua seção, o eleitor pode levar somente o documento. Quem estiver na fila às 17h receberá uma senha e, se permanecer na escola, irá votar.

 

 

Informações importantes:

Mudança de seções – Neste ano, duas seções (205 e 212) da Escola Estadual Professora Enny Tereza Longo Fracaro, no Pozzobon, passaram para o Centro de Educação Municipal Maria Martins Lourenço.

 

Justificativa – Por determinação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as cidades com menos de 100 mil habitantes não terão um posto de justificativa. O eleitor que não estiver no seu domicílio eleitoral no dia da eleição, deve preencher o requerimento de justificativa eleitoral, que precisa ser entregue no dia da eleição em qualquer seção eleitoral.

Não vai ter ninguém orientando sobre o preenchimento nas seções eleitorais, ao contrário dos outros anos, que tinha uma turma especifica para ajudar com o requerimento. É preciso levar o título e documento com foto para fazer a justificativa.

 

Já quem ficar doente no dia do pleito, tem 60 dias para fazer a justificativa; deve procura o Cartório com o atestado médico e justificar a ausência. Quem estiver no exterior, tem 30 dias, contados a partir da data do desembarque em solo brasileiro, para procurar o Cartório Eleitoral, portando o seu passaporte para comprovar a viagem no dia da eleição.

Quem estiver viajando no território brasileiro, tem que justificar no dia da eleição. O formulário para a justificativa também estará disponível nos pontos de eleição, lembrando que não terá ninguém para orientar.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password