Egressos do curso de Letras participam de mesa redonda no auditório “Vanderlei Passoni”

Ex-alunos da UNIFEV compartilharam com os presentes suas experiências profissionais e os desafios do mercado atual

A abertura da XVII Semana Acadêmica de Letras da UNIFEV, realizada na última quarta-feira (dia 12), foi marcada por um encontro emocionante entre quatro egressos do curso, atuantes em diferentes áreas.

Os ex-alunos Clarice Fabiana Grecco e Fábio Zarpelão da Silva, ambos 35 anos, Fernanda Xavier de Lima, 30 anos, e Renata Aparecida de Freitas Araújo, 32 anos compartilharam com os universitários, durante uma mesa redonda, suas experiências profissionais e os desafios do mercado atual. O evento, que aconteceu no auditório “Vanderlei Passoni”, no Câmpus Centro, reuniu cerca de 50 pessoas.

Na ocasião, o coordenador da graduação, Prof. Esp. Paulo Rogério Ferrarezi, deu as boas-vindas aos presentes e aproveitou a oportunidade para agradecer a todos pela participação. “Esse é o começo de uma semana rica em conhecimento e aprendizagem. Meu coração está repleto de alegria. Obrigado por estarem aqui”, disse.

Na sequência, Clarice, que é professora mestra de uma escola particular, em São José do Rio Preto, iniciou o bate-papo lembrando que integrou a comissão organizadora da 1ª Semana Acadêmica de Letras da UNIFEV.

“Parece que foi ontem, mas lembro-me perfeitamente do trabalho de organizar um evento como esse. Estou orgulhosa em participar, agora, da 17ª edição do encontro”, afirmou.

Para a professora, a dedicação de um educador deve ser constante. “Exercer essa profissão é como um dom: você já nasce sabendo que essa escolha faz parte da sua vida. É o amor que nos move. As dificuldades surgem no decorrer do caminho, mas o que vocês estipularem como meta, batalhem para conseguir alcançar”.

Assim como a colega de profissão, Renata concluiu o mestrado após a graduação e, hoje, trabalha como docente universitária na cidade de Iturama (MG). Em sua apresentação aos alunos, ela declarou o orgulho por ter cursado Letras no Centro Universitário de Votuporanga.

“’É indescritível a sensação de voltar a este Câmpus depois de 11 anos. O aprendizado que o curso me proporcionou é inenarrável. Agradeço de coração a todos os professores que trilharam comigo esse caminho de conquistas. Vocês fazem parte da minha história”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password