Egressa destaca-se como enfermeira do SAMU

Formada em 2004 pela UNIFEV, Elaine Boreli Gianini relata o cotidiano profissional de uma das áreas mais concorridas do mercado atual

O dia 12 de maio é uma data comemorativa para todos os profissionais de Enfermagem. A celebração é uma homenagem ao nascimento de Florence Nightingale, pioneira da área e exemplo de luta, por sua atuação em diversos campos de guerra durante o século XIX.

Embora já tenham se passado dois séculos, a paixão e a dedicação da primeira enfermeira da história inspira, até hoje, a escolha e a rotina de muitos profissionais. De acordo com dados divulgados pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) em 2014, o Brasil conta hoje com 287 mil enfermeiros e enfermeiras. A Organização Pan-Americana da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que existem pelo menos dois profissionais para cada mil habitantes.

“O mercado é competitivo, mas não há obstáculos para aqueles que aproveitam ao máximo as oportunidades e conhecimentos durante a graduação. Enquanto investia na minha formação, realizei estágios em três grandes hospitais, que são referências regionais em Saúde e essas experiências enriqueceram a minha trajetória”, contou a egressa do curso de Enfermagem da UNIFEV Elaine Boreli Gianini, 34 anos.

Formada em 2004, a ex-aluna atua desde 2005 no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em São José do Rio Preto, onde divide sua paixão com a docência, por meio do Núcleo de Educação em Urgência. “Desde que terminei o meu curso, atuo na área de urgência e emergência, tanto na parte assistencial quanto como professora. Foi um amor que surgiu logo nos primeiros meses da graduação e nunca mais abandonei”, ressaltou.

O curso de Enfermagem da UNIFEV forma profissionais aptos a desenvolver uma gestão de qualidade em diferentes tipos de serviços, que visam à proteção, promoção e recuperação da saúde. “Estamos há mais de 15 anos proporcionando um ensino de qualidade e diferenciado, buscando oferecer ao mercado enfermeiros preparados para lidar com os desafios da profissão. Nossos egressos sempre compartilham conosco suas histórias de sucesso e realizações”, disse a coordenadora da graduação, Profa. Ma. Rosana Aparecida Benetoli Duran.

Para a docente, as expectativas para o profissional da área são as melhores. “A expansão da estratégia de Saúde da Família (ESF) do Governo Federal favorece a ampliação, pois cada equipe do Programa tem de ter, no mínimo, um enfermeiro. Também é cada vez mais comum encontrar profissionais trabalhando em centros de estética, escolas infantis, clínicas e ambulatórios empresariais. As vagas existem para aqueles que estão preparados e abertos às diversas possibilidades do mercado”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password